Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Quinua: um rico cereal livre de glúten

A quinua age na prevenção de enfermidades crônicas, como osteoporose, câncer de mama, doenças do coração e outras alterações femininas decorrentes da carência de estrógenos na menopausa.

É indicada no combate a anemia, problemas urinários e de fígado, tuberculose, desnutrição crônica e osteoporose, entre outros, sendo útil sobretudo para mulheres, diabéticos, grávidas, crianças, lactantes, adolescentes, vegetarianos, celíacos (pessoas que têm intolerância a glúten) e atletas (aumenta a elasticidade das fibras musculares e tem alto valor calórico).

É ótimo para mulheres por conter fitoestrógenos, substâncias que previnem enfermidades crônicas como osteoporose, câncer de mama, doenças do coração e outras alterações femininas ocasionadas pela falta de estrógenos durante a menopausa.

Tem muito mais lisina – aminoácido fundamental relacionado ao desenvolvimento da inteligência, rapidez de reflexos e outras funções como memória e aprendizagem – que a soja, o milho, o trigo e o leite, razão pela qual é excelente para crianças e adolescentes em fase de crescimento.

Atua na redução de danos gastrintestinais, na melhora da imunidade, na regulação das funções cardiovasculares e na normalização da próstata e dos órgãos reprodutores masculinos.

Enfim, a quinua ajuda na recuperação das fibras musculares, é de fácil digestão e contém pouco colesterol e gordura, além de não ter glúten.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO