Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Xarope de eucalipto: combate os sintomas da bronquite e melhora a capacidade respiratória

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Este xarope de eucalipto possui propriedades expectorantes que combatem os sintomas da bronquite e de outros problemas respiratórios.

A bronquite é uma inflamação dos brônquios, tubos responsáveis em levar ar para dentro dos pulmões

Eles se dividem a partir da traqueia, e formam os bronquíolos, que alcançam os alvéolos pulmonares.

Quando essas estruturas ficam inflamadas, as vias aéreas se estreitam e surgem sintomas como tosse, catarro, falta de ar e chiado no peito.

Com isso, ocorre a chamada bronquite, que pode ser aguda ou crônica.

A diferença entre elas basicamenye consiste na duração e agravamento das crises.

Bronquite aguda 

Geralmente é causada por vírus, mas em alguns casos resulta de uma infecção bacteriana.

As crises também podem resultar do contato com poluentes ambientais e químicos, tais como poeira, tinta, inseticidas e ácaros.

Essa condição persiste por um período de uma ou duas semanas.

No caso de fumantes, o cigarro é o principal responsável pelo agravamento da doença.

Os principais sintomas da bronquite aguda são:

  • Febre
  • Tosse seca ou produtiva
  • Falta de ar 
  • Dificuldade para respirar
  • Chiado no peito 
  • Mal-estar 

Além desses sinais, se a pessoa estiver com gripe, podem ocorrer outros sintomas, como nariz entupido, dor de garganta e dor no corpo

Bronquite crônica

Nesta patologia, os sintomas se agravam pela manhã e permanecem por três meses ou mais.

A bronquite crônica aumenta o risco de desenvolvimento de outras infecções respiratórias, como a pneumonia. 

Esta patologia tem como causa a exposição de 20 a 30 anos das vias aéreas a produtos irritantes, como o tabaco, a poluição do ar, entre outros.

Esses fatores são os responsáveis por levarem a alterações da mucosa brônquica, podendo causar a perda progressiva da função pulmonar. 

Após um quadro persistente de bronquite crônica, essa condição começa a fazer parte de uma síndrome denominada doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC).

A DPOC é a obstrução da passagem do ar pelos pulmões e, segundo a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), representa a terceira causa de mortes no mundo, com cerca de 251 milhões/ano.

Os sintoma mais comuns da bronquite crônica são:

  • Tosse produtiva crônica 
  • Catarro claro ou purulento
  • Falta de ar 
  • Dificuldade para respirar 
  • Fraqueza 

Importante: os sintomas podem ocorrer de forma mais intensa à noite, pela manhã quando você acorda e durante a pratica atividades físicas.

Tratamento natural

Existem remédios naturais que podem ser de grande utilidade na hora de combater os sintomas da bronquite e de outros problemas respiratórios.

Um deles é o xarope de eucalipto, que ajuda a controlar os sintomas e melhora a capacidade respiratória. 

Xarope de eucalipto para bronquite

Devido às propriedades expectorantes do eucalipto, este xarope irá auxiliar no tratamento de bronquite e de outras doenças que atingem o sistema respiratório.

Ingredientes:

  • 27 folhas de eucalipto
  • 27 colheres (sopa) de açúcar
  • 27 colheres de sopa de água quente

Modo de preparo:

Lave bem as folhas de eucalipto, coloque em uma panela, adicione o açúcar e leve ao fogo.

Mexa com frequência até caramelizar – não deixe escurecer.

Coloque a água quente, e deixe ferver até chegar ao ponto de xarope.

Transfira para um recipiente de vidro e com tampa.

Você também pode fazer um rótulo com o nome do xarope e a data de fabricação.

Modo de uso:

Adultos: três colheres (sopa) do xarope uma vez ao dia.

Crianças: três colheres (chá) uma vez ao dia.

Para ambos, recomenda-se consumir o xarope à noite, antes de dormir.

Atenção:

Gestantes, lactantes ou crianças menores de 2 anos não devem consumir este xarope de eucalipto.   

Pessoas que fazem o uso de sedativos, analgésicos ou anestésicos também devem evitar o consumo.

Isso porque, o eucalipto pode alterar os efeitos da medicação.

Além disso, quem sofre de gastrite e problemas renais não deve tomar esse xarope.

O eucalipto em excesso pode causar irritações no estômago e também pode desencadear problemas renais mais graves.

Benefícios do eucalipto

As principais propriedades do eucalipto são auxiliar na eliminação da secreção nasal e facilitar a respiração. 

A planta possui ação antisséptica, expectorante, anti-inflamatória, antimicrobiana, descongestionante, expectorante e vermífuga.

Os responsáveis por essas ações são os taninos, o eucaliptol e o citronelol, substâncias ativas dessa planta.

O eucalipto possui propriedades broncodilatadoras.

Com isso, facilita a respiração e atua como um forte antisséptico das vias respiratórias.

A planta também é antipirética, ajudando no combate a tosse.

Segundo estudo da Fundação Nacional de Saúde – Funasa (Fsesp), unidade de Macaíba – RN, o eucalipto se mostrou eficaz no tratamento das Infecções Respiratórias Agudas (IRAS).

Além da bronquite, o eucalipto auxilia no tratamento das seguintes patologias:

  • Gripe
  • Febre
  • Resfriado
  • Rinite
  • Sinusite
  • Adenite
  • Amigdalite
  • Asma
  • Pneumonia
  • Tuberculose
  • Nariz escorrendo
  • Gangrena pulmonar
  • Inflamações na garganta

Os problemas respiratórios devem ser tratados o mais rápido possível.

Por isso, o eucalipto pode ser uma solução rápida.

Em caso de dúvidas, aconselha-se sempre consultar um médico.

DEIXE SEU COMENTÁRIO