PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Xarope caseiro de malva: combate gripe, resfriado e rouquidão

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Este xarope ajuda a combater doenças respiratórias e a aumentar a imunidade.

Devido às mudanças de temperatura, principalmente a chegada do frio, começam a aumentar os casos de doenças respiratórias.

No entanto, alguns remédios caseiros podem acelerar o tratamento e ajudar a aliviar os sintomas.

Essas receitas naturais, através de plantas medicinais, limpam as passagens nasais, ajudando o corpo a combater os sintomas de forma mais rápida.

Portanto, se você quer evitar analgésico, antitérmico e antigripal, saiba como fazer o xarope de malva.

Benefícios da malva

A malva contém propriedades que estimulam o sistema imunológico, evitando infecções bacterianas.

Também possui ação anti-inflamatória e expectorante, que, segundo estudo do Ministério da Saúde, auxilia no tratamento de doenças respiratórias, desta forma:

  • Alivia a congestão no peito;
  • Acalma a garganta;
  • Combate e previne gripe e resfriados;
  • Auxilia no alívio da tosse;
  • Alivia os sintomas da bronquite, faringite e laringite.

Xarope de malva

Este xarope ajuda a combater doenças respiratórias e a aumentar a imunidade.

Ingredientes:

  • 30 a 40 folhas de malva
  • 1 xícara de açúcar mascavo

Modo de preparo:

Lave bem as folhas de malva e deixe-as enxugar, para eliminar o excesso de água.

Em seguida, coloque em uma panela, porém, em camadas, ou seja, uma camada de folhas, outra de açúcar.

Lembrando que, a última camada deve ser de folhas.

Leve ao fogo médio e “cozinhe” até desidratar, ficando numa consistência viscosa de mel.

Armazene em um vidro escuro e esterilizado.

Caso não tenha, pode enrolar em um papel alumínio.

Conserve na geladeira e consuma em um prazo de 30 dias.

A dose recomendada é até cinco colheres (sopa) por dia ou sempre que a tosse se intensificar.

Sempre que os sintomas da gripe começarem a aparecer, prepare este xarope para acelerar a recuperação.

Mais Lidas