Xarope caseiro de abacaxi com angico: combate a gripe, resfriado, tosse e bronquite

Imagem: Depositphotos

Graças às suas propriedades anti-inflamatórias e expectorantes, esse xarope ajuda a limpar as vias respiratórias e alivia a congestão nos pulmões.

Todos os anos, com a aproximação das estações mais frias, como outono e inverno, nosso organismo fica mais vulnerável às doenças respiratórias.

Por isso, começamos a nos preocupar em evitar a gripe, resfriado, tosse, inflamação na garganta, nariz entupido, entre outras.

Porém, o frio não é o principal responsável pelo desenvolvimento dos vírus e bactérias que causam essas doenças.

Outros fatores como aumento da poluição ambiental, mudanças climáticas bruscas e o ar seco, também contribuem para as infecções.

Mas existem algumas iniciativas que podem diminuir o risco de contágio e, também, acelerar o tratamento quando esses problemas atacam.

Os remédios caseiros, por exemplo, são uma alternativa viável para suprir a necessidade de medicamentos químicos.

Nesse caso, entram em cena os famosos xaropes, que são excelentes expectorantes naturais para o nosso organismo.

A seguir, ensinaremos mais uma de nossas inúmeras receitas, que vai te ajudar a aliviar a tosse e suavizar os outros sintomas de gripes e resfriados.

Vamos usar os seguintes ingredientes como principais:

  • Abacaxi;
  • Cebola;
  • Beterraba;
  • Cravo-da-índia;
  • Canela em pau;
  • Casca de angico.

Benefícios do abacaxi

Segundo um estudo americano realizado pelo Hospital Hartford, o abacaxi ajuda a reduzir as infecções das vias aéreas.

Isso ocorre devido à bromelina, uma enzima com ação anti-inflamatória, mucolítica e antiviral.

Dessa forma, além de prevenir e acelerar o tratamento de doenças respiratórias como gripe, resfriados e tosse, também elimina o muco e catarro dos pulmões.

Além disso, a fruta é rica em vitaminas A, do complexo B, C, tanto na polpa quanto na casca e, por isso, fortalece o sistema imunológico.

Benefícios da cebola

A cebola é rica em quercetina, uma substância com ação antiviral e anti-inflamatória.

Além disso, possui propriedades expectorantes, antibacteriana, antifúngica, antioxidantes, vitaminas A, C e enxofre.

Dessa forma, ajuda a eliminar o muco e o catarro das vias respiratórias e aumenta a imunidade, prevenindo gripe, resfriados e seus sintomas.

Benefícios da beterraba

A beterraba é rica em vitamina C, propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.

Por isso, ajuda a aumentar a imunidade, prevenindo gripes e resfriados, além de reduzir a inflamação das vias respiratórias.

Benefícios do cravo-da-índia

O cravo-da-índia é rico em eugenol, um óleo essencial com ação anti-inflamatória que age diretamente nas vias respiratórias.

Assim, ajuda a aliviar a dor de garganta, tosse, reduz a congestão no peito e infecções no trato respiratório.

Benefícios da canela 

A canela contém propriedades antivirais, anti-inflamatórias, expectorantes e efeito secante.

Por isso, auxilia no combate ao vírus da gripe, além de prevenir resfriados,  garganta inflamada, doenças pulmonares e infecções nas vias respiratórias.

Benefícios do angico

O angico é uma madeira exótica, porém, possui um excelente efeito medicinal de acordo com a sabedoria popular.

A casca é rica em taninos, mucilagens e alcalóides, substâncias com ação expectorante, emulsificante peitoral, adstringente e depurativa.

Por isso, é indicada para o tratamento de gripe, resfriados, catarro do peito, faringite, infecções pulmonares e tosse.

Xarope de abacaxi

Graças às suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, esse xarope ajuda a limpar as  vias respiratórias e alivia a congestão nos pulmões.

Também fortalece o sistema imunológico, deixando o organismo mais resistente contra gripes e resfriados.

Ingredientes:

  • 1 abacaxi maduro
  • 1 cebola média
  • 1 beterraba média
  • Cravo-da-índia
  • Canela em pau
  • Casca de angico (opcional)
  • Açúcar mascavo ou rapadura raspada
  • 1 colher (sopa) de álcool de cereais ou vodka (opcional)

Dicas:

  • O abacaxi deve ser cortado em rodelas e com casca;
  • A cebola será cortada em fatias e com casca;
  • A beterraba cortada em rodelas com casca.
  • Se não tiver açúcar mascavo ou rapadura, pode usar açúcar demerara, cristal ou refinado.
  • A casca de angico pode ser encontrada em lojas de produtos naturais, lojas online e em áreas rurais de algumas regiões do país, extraída direto da árvore. 

Modo de fazer:

Para dar início ao preparo do nosso xarope, como vamos utilizar alguns ingredientes com casca, então será necessário higienizá-los muito bem.

Portanto, dilua duas colheres (sopa) de bicarbonato de sódio ou vinagre branco de álcool em 1 litro de água.

Deixe os alimentos de molho por 20 minutos, depois enxague e corte-os conforme descrevemos acima.

Em seguida, numa panela coloque uma camada de rodelas de abacaxi, uma camada de açúcar (ou rapadura).

Acrescente também, sobre essa camada, fatias de cebola, rodelas de beterraba, cravos-da-índia, ramas de canela e pedaços de casca de angico.

Faça esse procedimento até acabar os ingredientes – sempre intercalando as camadas.

Por último, caso queira, adicione o álcool de cereais (ou vodka) – essas bebidas servem para ajudar na conservação do xarope.

Leve ao fogo médio até levantar fervura – depois, deixe ferver por dois a três minutos.

Após essa etapa desligue o fogo, coe o líquido e armazene em um frasco de vidro esterilizado.

Modo de consumo:

  • Adultos: 1 colher (sopa) de 3 em 3 horas;
  • Crianças: 1 colher (chá) de 3 em 3 horas.

Cuidados

É importante lembrar que estas preparações não substituem o tratamento e a orientação prescritos pelo médico.

Além disso, é bom ressaltar também que os remédios caseiros, por mais que sejam naturais, podem causar efeitos colaterais.

Isso porque, as plantas e ervas possuem princípios ativos que podem ser tóxicos, dependendo do organismo de cada pessoa.

Outro detalhe importante é sempre usar plantas conhecidas para fazer as preparações.

Qualquer reação adversa que seu organismo apresentar após o consumo, suspenda o uso e procure um serviço de saúde o mais depressa possível.

Dicas de prevenção

  • Mantenha os padrões de limpeza adequados no ambiente;
  • Lave as mãos com frequência;
  • Não compartilhe objetos pessoais e higienize-os muito bem;
  • Pratique exercícios físicos;
  • Mantenha uma alimentação saudável;
  • Combata a umidade dentro de casa;
  • Lave os agasalhos e cobertores que estão guardados antes de usar,;
  • Evite animais de estimação dentro de casa;
  • Retire dos cômodos livros e almofadas que acumulam poeira;
  • Evite fumar dentro de ambientes domésticos;
  • Evite tocar os olhos, boca e nariz
  • Vacine-se contra a gripe.