Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Você sofre com dores nas costas na parte da manhã? Estas são as causas e o que você deve fazer para evitar o problema!

Nosso corpo pode ser forte e resistente, mas, quando se submete a certos exageros, acaba se desgastando.

Muita gente, de forma inconsciente, estimula os ossos, as articulações e os músculos a emitirem sintomas ruins.

Um exemplo disso é a dor nas costas, que alguns sentem ao se levantar pela manhã.

Se for o seu caso, esta matéria lhe será útil.

Veja a pequena lista que trouxemos das possíveis causas para dores na coluna.

Assim, se você sofre deste mal, ficará mais bem informado para enfrentar a situação:

1. Produtos farmacêuticos

Existem muitos remédios com efeitos colaterais danosos à coluna.

Antes de consumir qualquer droga farmacêutica, aconselhamos pesquisar um pouco sobre os efeitos que ela pode causar.

2. Má postura

Esta é uma das causas mais comuns para a dor na coluna.

Na hora de dormir, a barriga jamais deve ficar virada para baixo, pois isso pressiona a coluna vertebral, o que resulta em muita dor.

O mesmo acontece se dormirmos de lado, forçando os ombros.

3. Colchão

Há dois tipos de colchões que devem ser evitados: os macios demais e os duros demais.

O exagero tenciona os músculos, permitindo muita dor na manhã seguinte.

4. Fumo

Quando fumamos, a nicotina faz com que nossos tecidos se desintegrem, causando fraqueza e dor nas costas.

5. Excesso de peso

Como todo mundo já pode imaginar, o corpo pesado força a coluna, causando dores.

6. Sedentarismo

Pessoas que não fazem exercícios regularmente são mais propensas a sentir dores nos ossos e músculos.

7. Refrigerantes

Eles roubam o cálcio do corpo e impedem a absorção de importantes nutrientes, especialmente os refrigerantes à base de cola.

Alguns tratamentos naturais ajudam a combater a dor:

– Alternar uma compressa de água fria com outra de água quente, na área afetada.

– Praticar exercícios de alongamento por 15 minutos, focando a região dolorida (mas com o acompanhamento de um bom profissional).

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM