- PUBLICIDADE -

Error: Embedded data could not be displayed.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Veja o que fazer se o pelo do seu cão está caindo excessivamente

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Se o seu cachorro estiver perdendo muito pelo, é importante saber o que fazer.

Ter um animalzinho de estimação é sempre uma alegria.

Mas é preciso ficar atento aos menores sinais de que algo não vai bem com ele.

A queda excessiva de pelo, por exemplo, pode ser sinônimo de alergia, parasitas, má alimentação ou até mesmo uma grave doença. 

Se o seu cachorro estiver perdendo muito pelo, é hora de entender o motivo disso e saber o que fazer. 

Veja algumas razões que podem explicar a queda de pelos do seu cão:

Nutrição pobre ou imprópria

O filhote precisa receber uma nutrição adequada para crescer grande e forte e, claro, desenvolver uma pelagem saudável.

A alimentação pobre ou inadequada para o cão pode provocar perda de peso, problemas dentários e perda de cabelo.

Uma boa maneira de saber se a ração que você está dando para seu filhote é boa ou não é ler o rótulo do pacote.

Avalie a quantidade e a qualidade de vitaminas, proteínas e nutrientes. 

Alergias

Alergia é um problema bastante comum entre os cachorros.

Além de desconforto para seu filhote, ela pode provocar coceira extrema e perda de cabelo.

Preste atenção, pois seu cão pode estar reagindo a algo do ambiente, como um cobertor que foi lavado com um detergente que não é hipoalergênico, ou mesmo pólen e mofo.

Para tentar resolver a alergia do seu cachorro, experimente trocar a ração dele (elimine alimentos que contenham trigo, milho, soja, ovos).

Lave a roupa de cama da casa com sabão hipoalergênico e não use amaciante.

Sarna

Dois tipos de sarna afetam os cães e ambos são causadas por ácaros: a sarna sarcóptica (também conhecida como sarna) e a demodicose canina ).

Os dois tipos de sarna podem levar a sintomas como erupção cutânea, bactérias e infecções fúngicas, além de coceira, o que resulta em perda de cabelo.

Se esse for o caso do seu cachorro, é preciso levá-lo ao veterinário e seguir à risca o tratamento indicado.

Além disso, é importante eliminar qualquer coisa que possa levar à infecção, como a cama do seu filhote, cobertores, coleiras e até brinquedos de pelúcia. 

Pulgas

Se o seu cachorro está com pulgas, ele se coçará loucamente e você verá manchas e vermelhidão nos ouvidos, olhos, barriga e peito do cachorro.

Se olhar com atenção, você consegue ver as pulgas andando no corpo dele.

Se tiver certeza de que seu cachorro está mesmo com pulgas, o primeiro  passo é lavá-lo com um xampu especial e usar uma coleira contra pulgas.

Micose

Além das pulgas, seu cão pode contrair micose.

Ela é transmitida por meio de contato com sofá, carpete ou cobertor que foi exposto a parasitas.

Um cachorro com micose tem a pele oleosa, inflamada e com coceira.

Pode apresentar também perda de cabelo ao redor dos ouvidos, olhos e boca.

Cuidado: micose é contagiosa e pode ser passada para outros animais de estimação.

Infecção

Vários tipos de infecções – tanto bacterianas como fúngicas – também podem causar perda de pelo em seu cão.

Se além da perda de pelo seu cachorro também apresentar crescimentos e inchaços na pele, que podem ter pus ou áreas vermelhas, ele pode estar com alguma infecção que deve ser tratada imediatamente.

Questões Hormonais

Assim como os humanos, cachorros também sofrem de problemas hormonais, que provocam queda de pelos.

Os cães podem ter distúrbios da tireoide, problemas na glândula pituitária e deficiência da glândula adrenal.

Doença

A perda de pelo do seu cachorro pode significar algo mais grave.

Algumas doenças que resultam em perda de cabelo em cães incluem doenças auto-imunes, como acantose nigricans, adenite sebácea, dermatose responsiva ao zinco, síndrome do Doberman azul e displasia do folículo piloso negro.

Se você não tem certeza sobre o que seu cachorro tem, procure imediatamente um veterinário.