Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Um caminho mais seguro para detectar o câncer da mama*

O exame de rotina para detectar o câncer da mama é a mamografia, um procedimento que inclui comprimir o seio entre duas placas e fazer uma imagem de raio-x. Entretanto, a mamografia apresenta diversas desvantagens graves. É extremamente imprecisa, principalmente na mulher jovem, pois pode levar a biópsias prejudicais e expor a mulher, desnecessariamente, à radiação que causa câncer.

O que fazer, então?
  • Faça regularmente um autoexame e deixe periodicamente uma enfermeira ou um médico capacitado examiná-la. Para encontrar um câncer, esses exames são comprovadamente mais confiáveis do que a mamografia.
  • Procure um exame por ultra-som — é mais seguro, mas não muito mais confiável do que a mamografia.
  • Opte por termografia, que mede a temperatura da pele, pois o câncer aquece a temperatura da pele adjacente a um tumor, principalmente devido ao maior fluxo de sangue e metabolismo aumentado.

(
Can. Med. Assoc.J, 1963; 88: 68-70).
A termografia pode detectar um câncer de oito a dez anos antes da mamografia. Em um estudo foi detectado a metade dos casos precoces de câncer, enquanto a mamografia identificou apenas 10% dos casos. A precisão do teste é semelhante ou melhor do que os auto-exames.

(Thomassin L et al.,
Proceedings of the Third International Congress of Thermology, New York: Plenum Press, 1984: 575-9).
(www.thechironclinic.co.uk)
“Haverá mais casos de câncer da mama provocados pela mamografia do que mulheres salvas da morte pela descoberta precoce de lesões.”

Dr. John Goffman
Veja também;
*Texto retirado de:
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM