Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Trate a pele oleosa de forma natural

Mais de 80% das pessoas, principalmente os jovens, sofrem com o excesso de oleosidade na pele.
Além de não ser esteticamente interessante andar por aí com o rosto brilhando e os poros dilatados, a oleosidade pode causar aparecimento de manchas na pele e acne, necessitando assim de um cuidado especial.
As glândulas sebáceas produzem naturalmente uma lubrificação essencial para manter a saúde da pele, mas, quando essa produção é excessiva, está caracterizada a pele oleosa.
As causas podem ser genéticas, principalmente, ou devido à má alimentação, excesso de sol, estresse e até mesmo alterações hormonais.
Existem medidas a serem tomadas para cuidar e tratar desse tipo de pele e evitar os danos que podem surgir no longo prazo:
• Faça uma esfoliação uma vez por semana.
• Lave o rosto com água fria, que não estimula a produção de mais lubrificação.
• Use sabão neutro.
• Retire toda a maquiagem com um bom demaquilante.
• Após a lavagem, use adstringente para fechar os poros.
• Troque os cremes comuns, com óleo em sua fórmula por produtos em gel, fluido, loção ou sérum.
• Use protetor solar, de preferência em gel. Procure produtos de qualidade e adequados ao seu tipo de pele prestando atenção também ao prazo de validade.
TRATAMENTO NATURAL
A argila e o fubá são ótimos aliados no tratamento caseiro para a pele oleosa.
Comece o tratamento fazendo uma suave esfoliação no rosto com o fubá.
Lave o rosto com o sabonete que usa habitualmente e com o rosto ainda cheio de espuma mergulhe os dedos no fubá, esfregando-o em todo o rosto, insistindo mais na testa, nariz e queixo.
Enxágue com água fria e seque.
A seguir, aplique uma fina máscara de argila verde e deixe atuar durante dez minutos.


Enxágue, seque e aplique um creme hidratante para peles oleosas.
Para preparar essa máscara é só adicionar uma colher de sopa de argila verde a um pouquinho de água, até que fique uma mistura homogênea.
Este tratamento deve ser feito somente uma vez por semana.
Exagerar na dose pode causar um efeito rebote e a pele ficar ainda mais oleosa.
O fubá possui a consistência ideal para a esfoliação caseira, pois ele não se desfaz e consegue remover as células mortas e o excesso de oleosidade da pele, e a argila absorve toda a gordura da pele tendo também um efeito calmante e regenerador.
Atenção! Para este tratamento, recomenda-se comprar a argila verde numa loja que vende produtos naturais ou de estética.
A argila encontrada em encostas e matas não é recomendada, pois pode estar contaminada por metais pesados e microrganismos nocivos ao corpo.
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM