quinta-feira, 20 janeiro 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Tratamento natural da endometriose

A endometriose consiste na presença do endométrio em locais fora do útero.

O endométrio é a camada que reveste internamente o útero.

Os sintomas mais comuns são cólicas menstruais muito fortes, dores no ato sexual, dores intestinais e alterações urinárias.

Seguir o tratamento por pelo menos três meses ou até que desapareçam os sintomas.

A endometriose muitas vezes dificulta a concepção, sendo uma das causas da infertilidade feminina.


O tratamento natural da endometriose consiste em:

  • Melhorar a imunidade adotando uma alimentação rica em vitaminas, cereais integrais e vegetais crus;
  • Tomar unha-de-gato em cápsulas ou em forma de chá;
  • Tomar Vitex agnus-castus, usada há séculos e com muitos estudos comprovando sua ação em doenças uterinas. Essa erva é comercializada em forma de cápsulas e pura para chá.

Veja uma matéria sobre vitex aqui no blog:

/sites/default/files/blogger_importer/03/cistos-e-endometriose-tm-cura-natural.html

Na falta de vitex, substituir essa planta por uxi-amarelo, lembrando que aquela é muito mais eficiente nos casos de endometriose.

Seguir o tratamento por pelo menos três meses ou até que desapareçam os sintomas.

A endometriose muitas vezes dificulta a concepção, sendo uma das causas da infertilidade feminina.


O tratamento natural da endometriose consiste em:

  • Melhorar a imunidade adotando uma alimentação rica em vitaminas, cereais integrais e vegetais crus;
  • Tomar unha-de-gato em cápsulas ou em forma de chá;
  • Tomar Vitex agnus-castus, usada há séculos e com muitos estudos comprovando sua ação em doenças uterinas. Essa erva é comercializada em forma de cápsulas e pura para chá.

Veja uma matéria sobre vitex aqui no blog:

/sites/default/files/blogger_importer/03/cistos-e-endometriose-tm-cura-natural.html

Na falta de vitex, substituir essa planta por uxi-amarelo, lembrando que aquela é muito mais eficiente nos casos de endometriose.

Seguir o tratamento por pelo menos três meses ou até que desapareçam os sintomas.

- PUBLICIDADE -

Veja Também

Redes Sociais

3,436,539FãsCurtir
159,642SeguidoresSeguir
574,743SeguidoresSeguir
522SeguidoresSeguir
3,880SeguidoresSeguir
564,000InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -