Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Tratamento de doenças em animais com florais de Bach

As essências florais de Bach são um método simples e natural de tratar através do uso de certas flores silvestres. As essências, que tratam das desordens da personalidade do animal e não da condição física individual, foram descobertas pelo Dr. Edward Bach, médico inglês, por volta dos anos 30.
Depois de praticar durante muitos anos uma medicina convencional e também numa linha homeopática, o Dr. Bach foi levado a perceber que o que caracterizava as desordens físicas das pessoas não era tanto as muitas categorias de doenças, mas as condições mentais que as geravam. Com os animais também é assim.
Alguns anos depois, ele estava apto a reconhecer essas condições mentais e descobriu uma essência floral para cada caso. Essas essências foram descobertas nas flores silvestres e nas árvores do campo.
As essências de Bach não usam o material físico da planta, mas a energia essencial que se encontra dentro da flor. Essa energia é extraída das flores pelos métodos solar e de fervura e acondicionada em água – para os animais (para humanos, água e conhaque de uva).
A substância sutil assim extraída é usada para tratar a causa da doença num nível também sutil. As essências de Bach tratam a causa mental e emocional da doença. Os remédios florais são energia. Eles tratam o doente e não a doença. As essências são vibracionais.
Princípios básicos das essências florais de Bach:
– elas tratam o animal e não a doença;

– são um sistema simples, natural e efetivo;

– podem ser usadas junto com qualquer outro tratamento (o sistema de Bach é complementar e não alternativo);

– a efetividade pode ser observada em indivíduos inconscientes, em estado de coma, crianças, animais e plantas;

– não substituem a medicina veterinária ortodoxa.
Florais de Bach utilizados para ajudar no tratamento do veterinário para animais com câncer. Essa relação não é um guia, é apenas sugestão. Consulte um terapeuta floral:
– Horbeam – para tratamento de rotina do animal com câncer.
– Chicory – indicado depois de cirurgias de mutilação.
– Impatiens – para tratamento da dor (a tensão muscular aumenta a dor).
– Vine – para ajudar a tratar o câncer, que é uma doença agressiva.
– Mimulus – para tratar o medo.
– Gentian – para tratar a depressão de causa conhecida – a doença.
– Gorse – trata a desesperança, as doenças terminais.
– Wild rose – trata a apatia, restitui a força vital e a vontade de viver, reaviva o interesse pela comida.
– Walnut – para tratar a dificuldade perante a mudança; é um protetor energético.
– Star of Bethlehem – para tratar efeitos posteriores ao choque, traumas, dor ou sofrimento intenso.
– Oak – para tratar animais que lutam para sobreviver.
* Este texto é parte de um artigo escrito pela Dra. Martha Follain – colunista do site Greepet. Formada em direito, especialista em florais de Bach para animais e humanos pelo Instituto Bach. Possui ainda formação em aromaterapia, florais de minas, fitoterapia brasileira, terapia ortomolecular, bioeletrografia, cristaloterapia, cromoterapia, terapia de integração craniossacral, psicoterapia hoística, neurolinguística, Master Practitioner, hipnose, regressão e reiki. CRT 21524.
Fonte: Greepet
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM