sexta-feira, 28 janeiro 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Tábuas de corte: aprenda como fazer a higiene correta

Manter esses utensílios limpos e desinfetados é fundamental para evitar uma contaminação cruzada.

A tábua de corte é um utensílio que está presente em todas as cozinhas, pois é essencial no preparo das refeições.

Esse objeto é útil para cortes de carnes, legumes, temperos, verduras, frutas, entre outros alimentos.

Elas podem ser feitas de vários materiais, como madeira, bambu, vidro, plástico e polietileno.

Com tantas opções, fica até difícil escolher qual é a mais adequada, de acordo com cada finalidade.

Fato é, que todas elas precisam de uma limpeza adequada, afinal, uma tábua de corte mal higienizada torna-se um verdadeiro hospedeiro de fungos e bactérias.

Só para ter uma ideia, uma análise microbiológica em tábuas de corte de acrílico e de madeira concluiu que a contaminação pode ser alta.

De acordo com a pesquisa realizada pelo Centro Universitário Fundação Santo André (CUFSA), ao menos uma bactéria com coliformes foi encontrada nas amostras.

Portanto, manter esses itens limpos e desinfetados é de extrema importância para evitar uma contaminação cruzada.

  • Contaminação cruzada: é a contaminação que acontece por meio da transmissão de fungos e bactérias entre alimentos, superfícies e utensílios.

Por isso, preparamos um tutorial completo com dicas valiosas para higienizar suas tábuas de corte corretamente.

Vamos lá!

Tábuas de madeira e bambu – limpeza, desinfecção e hidratação

Lave a tábua com esponja, detergente neutro (de preferência) e água quente após cada uso.

Essa limpeza é importante porque, se a tábua ficar suja por muito tempo pode absorver odores, manchas, além de proliferar bactérias. 

Após a lavagem, enxágue em água corrente e deixe secar em local ventilado e na posição vertical (em pé).

Importante 

Nunca deixe a tábua submersa em água, afinal, como a madeira é um material poroso, irá absorver água e ao longo do tempo vai sofrer rachaduras.

Além disso, não coloque na máquina de lavar louças e quando não estiver usando, deixe guardado em um local seco e arejado para não mofar.

Desinfecção

Após lavar e secar é necessário fazer a desinfecção da sua tábua, para matar os germes e bactérias e também evitar a proliferação desses micro-organismos. 

Para isso, você pode usar uma das opções a seguir:

Vinagre

Aplique vinagre branco de álcool na tábua – não precisa enxaguar e pode ser feito diariamente.

O vinagre atua como bactericida e desinfetante, eliminando, portanto, os germes, bactérias e o mau cheiro.

Caso queira potencializar ainda mais esse processo de desinfecção, faça uma pasta com vinagre e bicarbonato de sódio e espalhe sobre a tábua.

Deixe agir por cinco minutos, enxágue em água quente e deixe secar de preferência ao sol.

Sal e limão

Salpique sal em toda a superfície e espalhe com a metade de um limão, espremendo o suco enquanto esfrega no sal. 

O ácido da fruta age como um desinfetante e bactericida, enquanto o sal atua como um agente abrasivo, removendo os restos de alimentos.

Em seguida, deixe agir por cinco minutos, enxágue com água quente e deixe a tábua secar novamente, de preferência ao sol.

Repita esse procedimento uma vez por semana.

Hidratação 

Por fim, faça a hidratação da tábua para evitar que as fibras da madeira fiquem ressecadas e causem rachaduras.

Aqueça um pouco de óleo vegetal e passe sobre a tábua com um guardanapo de papel – faça essa aplicação sempre na direção das fibras da madeira.

Aguarde 12 horas para secar e sua tábua está pronta para uso – faça essa hidratação no mínimo uma vez por mês, já no caso do bambu, repita a cada seis meses.

Tábua de corte de plástico e polietileno

Lave bem a tábua com uma esponja e detergente (ou sabão em barra) – pode usar esses que já ensinamos aqui no Cura pela Natureza.

Na sequência, dilua uma colher (sopa) de água sanitária e um litro de água e deixe a tábua de molho por 15 minutos.

Depois enxágue, passe um pouco de vinagre branco e seque com um papel toalha – se possível, deixe secar ao sol.

Tábua de vidro

As tábuas de corte feitas de vidro são as mais fáceis de limpar – basta lavar com uma esponja e detergente (ou sabão).

Dicas importantes

  • Sempre seque suas tábuas com papel toalha e se puder seque ao sol;
  • Não deixe a tábua exposta na pia, guarde sempre no armário depois que secar;
  • Se possível, tenha uma tábua para cada tipo de alimento;
  • Carnes cruas (vermelhas, aves e peixes) devem ser cortadas em tábuas de plástico, para evitar contaminação. 
  • Rachaduras e frisos nas tábuas indicam que está na hora de fazer o descarte e comprar uma nova – é neste local que os fungos bactérias se proliferam;
  • As tábuas de corte são apenas para cortar alimentos e as tábuas de servir são somente para servir. 

Proibição

Segundo a Nutricionista Doutora Rebeca Cunha, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu que bares e restaurantes utilizem tábuas de corte de madeira.

Para o órgão, esse tipo de material sofre cortes de facas e essas aberturas acumulam bactérias.

O recomendado é usar tábuas de plástico e com cores diferentes, uma para cada tipo de alimento.

Muitas pessoas não levam esses cuidados a sério e pensam que pode parecer besteira.

Porém, uma tábua mal higienizada pode provocar uma contaminação aos alimentos e consequentemente prejudicar a sua saúde e a de sua família.

- PUBLICIDADE -

Veja Também

Redes Sociais

3,436,539FãsCurtir
159,642SeguidoresSeguir
575,154SeguidoresSeguir
522SeguidoresSeguir
3,878SeguidoresSeguir
564,000InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -