Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Suco de couve realmente prejudica a tireoide? Agora você vai saber toda a verdade

Você tem alguma doença na tireoide?

Então, tome cuidado ao comer couve.

O nome científico da couve é Brassica oleracea acephala e ela faz parte da família de vegetais crucíferos.

É dura e amarga quando comida crua e é um parente próximo de outros vegetais crucíferos, incluindo brócolis, couve-flor e couve-de-bruxelas.

Fonte de vitaminas e minerais, a couve é, em particular, rica no antioxidante conhecido como ácido alfalipóico, que demonstrou proporcionar inúmeros benefícios à saúde.

A couve crua fornece vários nutrientes, como:

– Vitamina A

– Vitamina K

– Vitamina C

– Vitamina B6

– Manganês

– Cálcio

– Cobre

– Potássio

– Magnésio

Além de ser um alimento nutritivo e de baixa caloria, o consumo regular de couve proporciona vários benefícios para a saúde humana, como pele e cabelo saudáveis ​​devido a grandes quantidades de vitaminas A e C; ajuda na digestão; reduz o risco de doença cardíaca; melhora a saúde dos ossos; reduz o risco de desenvolver asma; diminui os níveis de glicose e melhora o balanço de açúcar no sangue e a sensibilidade à insulina.
 
E tem mais: evita mudanças induzidas por estresse oxidativo em pacientes com diabetes; ajuda a diminuir a neuropatia periférica em diabéticos; ajuda a prevenir a prisão de ventre; ajuda na digestão e promove a regularidade.

Além disso, a couve é rica em luteína, que ajuda a proteger a saúde dos olhos.

Mas o que a couve tem a ver com a função tireoidiana?

A couve, como vegetal crucífero, pertence a uma família de alimentos conhecidos como goitrogênicos, o que significa que eles têm o potencial, quando crus e em quantidades maiores, de tornar mais lenta a função tireoidiana e promover a formação de uma tireoide aumentada (chamada bócio).

Suco de couve realmente prejudica a tireoide? Agora você vai saber toda a verdade - Cura pela Natureza

CURA PELA NATUREZA – LEIA AQUI AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
Por isso, pessoas que sofrem com alguma doença na tireiide precisam tomar cuidado com a  quantidade de couve ingerida. (A quantidade exata prejudicial ainda não foi determinada, mas é preciso evitar o excesso.)   

No entanto, para a população em geral, os benefícios da couve para a saúde geral superam em muito os riscos para a tireoide, e o consumo moderado de couve como parte da dieta é considerado seguro e nutricionalmente benéfico.

Além disso, em pessoas com doença da tireoide, os riscos de piorar a condição da doença também são mínimos, desde que a couve (ou qualquer vegetal crucífero) não seja consumida em demasia.

É importante notar, porém, que a maior preocupação deve ser com o consumo da couve crua, em suco, por exemplo.

Neste caso, a concentração total de substâncias goitrogênicas na couve é muito alta.

Então, se consumido frequentemente, o suco de couve cru tem o potencial de afetar negativamente a função da tireoide, aumentando o risco de doenças na glândula.

Este blog de notícias sobre tratamentos naturais não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO