Sport e Santa Cruz fazem clássico pernambucano neste final de semana

Foto: Rafael Melo / Santa Cruz

Equipes se enfrentam neste sábado na Ilha do Retiro

O primeiro Clássico das Multidões do ano tem hora e local marcados. Sport e Santa Cruz se enfrentam neste sábado (11), às 16h30, na Ilha do Retiro. O confronto é válido pela 11º rodada do Campeonato Pernambucano.

Com 5 vitórias consecutivas, o Leão da Ilha vem embalado e joga diante de sua torcida, que promete fazer bonita festa: mais de 18 mil ingressos já haviam sido vendidos antecipadamente.

A equipe comandada por Enderson Moreira atravessa ótimo momento, não à toa lidera duas competições, o Pernambucano e a Copa do Nordeste.

O treinador, no entanto, prefere manter os pés no chão e descarta o favoritismo no clássico.

“O favoritismo entre dois grandes rivais praticamente inexiste. Já cansei de ver clássico de time melhor e outro pior e ter revés”, declarou Enderson.

Sem problemas para a partida, o Sport deve ir a campo com o que tem de melhor.

A provável escalação rubro-negra deve ter Renan no gol; Eduardo, Thyere, Sabino e Igor Cariús; Ronaldo (Pedro), Fabinho e Jorginho; Labandeira (Edinho), Luciano Juba e Vagner Love.

Já o técnico do Santa Cruz, Ranielle Ribeiro, revelou ansiedade pelo confronto.

“Eu me encontro ansioso, todo e qualquer profissional do futebol gosta de grandes desafios, todo e qualquer profissional do futebol respira jogar um clássico, respira momentos decisivos como esse, e sabemos a repercussão positiva que dá em caso de vitória”, destacou Ranielle.

O zagueiro Alemão, ausência no meio de semana contra o Ferroviário, estará à disposição e deve iniciar a partida como titular.

Com isso, a provável escalação do Coral tem Michael no gol; Jefferson Feijão, Alemão, Ítalo Melo e Marcus Carioca; João Erick, Arthur, Marcelinho e Felipe Gedoz; Lucas Silva e Pipico.

Para o Sport, a partida vale a classificação direta às semifinais do Pernambucano, enquanto ao Tricolor representa a volta ao G6 — atualmente ocupa a sétima colocação.

De 2000 para cá, o Clássico das Multidões tem sido marcado pelo equilíbrio: são 27 vitórias corais, 24 empates e 28 triunfos rubro-negros.