Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Sinusite: tratamento natural (2)

A sinusite se caracteriza por uma inflamação dos seios faciais ligada a uma deficiência de energia nos pulmões e ao calor úmido.

Essa inflamação, quando aguda, causa dor de cabeça que desce da testa até a maçã do rosto, além de febre, falta de apetite e tosse seguida de aumento da secreção nasal.

Quando a sinusite se torna crônica, a febre deixa de existir, mantendo os demais sintomas.
Terapia natural
– Tomar, ao despertar, suco de dois limões contendo quinze gotas de óleo de rícino ou suco de três limões com água morna em jejum.
– Tomar em substituição à água, dois a três litros de chá de noz-pecã ao dia, durante vinte dias, em cinco etapas, com pausas de oito dias.
– Fazer cataplasma de argila morna com azeite de oliva e tomate sobre a testa e face por trinta minutos diariamente.
– Fazer duas inalações nasais por dia com sal, cebola e alecrim em água fervida.
– Em caso de crise, aplicar um cataplasma de cebola ralada, tomate e azeite de oliva amornado na testa, durante duas horas por dia; ou compressa morna de tomate.
– Fazer um banho de vapor nasal (sauna caseira) com eucalipto na água toda noite.
– Fazer escalda-pés diário quente – frio (colocar mostarda na água quente). Deixar os pés três minutos na água quente e um minuto na água fria, trocando os pés de bacia quatro vezes por sessão.
– Fazer auto-hemoterapia: retirar 10 ml de sangue da veia do braço e aplicar na nádega, de sete em sete dias, durante três meses. Descansar duas semanas e repetir mais três meses, em cinco etapas, para obter a cura total.
– Aplicar uma bolsa de água quente sobre a testa antes de dormir.
– Tomar três vezes ao dia uma xícara de mistura de urtiga, bardana, salsaparrilha e alfavaca; ou hortelã-miúda com casca de tangerina.

—–
Leve o Cura pela Natureza para casa por apenas 8 reais. 

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

VEJA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO