Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Se seus rins estiverem doentes, estes 21 sinais vão aparecer no seu corpo

A doença renal crônica se caracteriza por uma perda lenta e progressiva da função renal ao longo de vários anos.

Em alguns casos, a doença renal pode se transformar em insuficiência renal permanente.

A principal função dos rins é remover resíduos e o excesso de água do organismo.

O problema é que muitas vezes a doença não é detectada e os principais sintomas, como sangue na urina, pressão alta e fadiga, só aparecem quando a insuficiência renal já está bem avançada.

Não é raro, por exemplo, as pessoas perceberem que elas têm insuficiência renal crônica apenas quando sua função renal está abaixo de 25% do normal.

Como a doença avança e a função do rim é bastante prejudicada, níveis perigosos de resíduos e fluidos podem se acumular rapidamente no organismo.
 
As causas da insuficiência renal crônica incluem diabetes e problemas renais específicos, como doença renal policística.

Não há cura para a doença renal crônica, o que significa que o tratamento é focado na redução dos sintomas.

E os tratamentos incluem:

Redução da ingestão nutricional de fosfato (laticínios, carne vermelha, ovos e peixe) e de líquidos e aumento do consumo de vitamina D, que é essencial para ossos saudáveis.

Seguir uma dieta adequada é vital para o tratamento eficaz da insuficiência renal.

Além disso, aspirina e ibuprofeno devem ser evitados e só devem ser tomados se o médico recomendar.

Quando a doença avança e os rins passam a funcionar com menos de 10 a 15% da capacidade normal, é preciso tomar medidas mais radicais, como a diálise renal.

A diálise, de forma resumida, é a remoção de produtos residuais e fluidos excessivos do sangue quando os rins não conseguem mais fazer o trabalho corretamente.

Outra alternativa eficaz é o transplante de rim.

Esta é uma opção melhor do que a diálise para pacientes que não têm outras condições além da insuficiência renal.

E atenção: é importante que as pessoas com alto risco de desenvolver doença renal tenham suas funções renais controladas regularmente.

O diagnóstico precoce pode ajudar significativamente a prevenir danos graves nos rins.

Fique atento aos 21 sinais que seu corpo dá quando seus rins não estão funcionando corretamente:

  • Anemia
  • Sangue na urina
  • Urina escura
  • Diminuição do estado de alerta mental
  • Diminuição do fluxo urinário
  • Edema – pés inchados, mãos e tornozelos (face se o edema for grave)
  • Fadiga e/ ou dificuldade em dormir
  • Hipertensão (pressão alta)
  • Insônia
  • Coceira na pele (pode se tornar persistente)
  • Perda de apetite
  • Incapacidade masculina de obter ou manter uma ereção (disfunção eréctil)
  • Micção mais frequente, especialmente à noite
  • Cãibras musculares
  • Contrações musculares
  • Náusea
  • Dor no lado ou no meio para lombar
  • Falta de ar (sentir-se ofegante sem fazer esforço)
  • Proteína na urina
  • Mudança repentina no peso corporal
  • Dores de cabeça inexplicáveis
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO