PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Saiba o que fazer para diminuir a queda de pelos do seu cão

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A queda de pelo em cães pode ser controlada com mudanças na alimentação e na higiene.

Um dos maiores empecilhos para ter um cachorro em casa é que muitas raças têm a característica de soltar pelos.

Essa queda exige uma limpeza constante da casa, além de prejudicar quem é alérgico.

Porém, cientistas afirmam que ter um cachorro faz você mais feliz e aumenta o bem-estar.

Por que o pelo cai?

A queda de pelos é um processo natural e saudável do cão, mas também pode ocorrer devido a alguns desequilíbrios na saúde do pet. 

Por exemplo, no verão isso é comum, pois a pelagem começa a ser renovada, preparando o animal para o inverno.

Além disso, todo cachorro tem a queda de pelos fisiológica, que é causada pelo envelhecimento do folículo ou do próprio animal.

Fêmeas estão sujeitas a uma queda maior de pelo durante o período que estão no cio ou gestação.

No entanto, alguns outros fatores podem causar a perda excessiva de pelo.

São eles: 

  • Infestação por ectoparasitas como ácaros, pulgas e carrapatos, causando coceira intensa no pescoço e no dorso;
  • Presença de fungos ou leveduras na pele do animal;
  • Alergias alimentares – provocam coceira intensa, descamação, lesões e inflamações nas orelhas e nos olhos;
  • Atopia canina, doença que afeta a barreira de proteção da pele do cão, causando alergias, coceira e infecções;
  • Deficiência nutricional – os pelos ficam sem brilho, fracos e com aspecto áspero, caindo de forma generalizada;
  • Problemas endócrinos – diabetes, hipotireoidismo canino, obesidade e hipoadrenocorticismo canino;
  • Estresse – normalmente ocorre nas patas devido à lambedura excessiva, seguida de lesões;

Como evitar que o cão solte muito pelo

Alguns hábitos cotidianos podem ser mudados para lidar com esse problema e ajudar a diminuir a queda de pelo.

Reveja a alimentação do seu cão

Alguns alimentos e rações para cães não contêm a quantidade correta e suficiente de nutrientes que o animal precisa.

Como consequência, influenciam no processo de queda de pelos e também na saúde do cão.

Por isso, opte por rações de qualidade. 

Além disso, pode acrescentar extrato de semente de uva ou óleo de semente de linhaça na alimentação do seu pet.

O extrato de semente de uva contém antioxidantes benéficos que ajudam contra os problemas dermatológicos que causam a perda de pelo.

Você pode encontrá-lo em cápsulas e acrescentar diretamente na comida.

o óleo da semente de linhaça possui alto teor de ácidos graxos ômega 3, que é excelente para evitar a queda de pelo em cães.

Para reparar a perda de pelo do seu pet e/ou prevenir uma queda futura, misture duas colheres (sopa) do óleo na ração.

Também, assim como os humanos, é necessário manter os animais bem hidratados com água limpa e fresca.

Uma alimentação de qualidade, rica em vitaminas e nutrientes essenciais,   contribui para a beleza e saúde da pelagem.

Escove o cão com frequência

A escovação também serve como massagem, algo que os cães adoram e você pode se aproveitar disso.

Escove seu pet uma vez ao dia, além de evitar a formação de nós, no caso dos pelos longos, irá remover os que estão soltos.

Dessa forma, você consegue removê-los de uma só vez, evitando que o animal os derrube pela casa.

Cuidado com os banhos

Dar banho no cachorro é excelente para mantê-lo limpo, cheiroso e também para retirar os pelos soltos.

Porém, em excesso faz mal e pode provocar o efeito contrário, fazendo com que o cão perca pelo por problemas de pele.

Além disso, verifique o que o animal tenha ficado bem seco, evitando a proliferação de fungos na pelagem.

Caso queira, durante o banho, você pode aplicar lanolina e seu pet, um tipo de óleo natural obtido da lã de ovelha.

Essa gordura irá proporcionar brilho no pelo do cão e também protegê-lo contra a queda.

A lanolina pode ser encontrada em farmácias e lojas de produtos naturais e é dividida em natural, que cheira a lã e inidra, que é desodorizada.

Nesse caso, veja com qual delas o seu cão se adapta melhor.

Porém, nunca aplique diretamente no pelo e sim, faça uma mistura da seguinte forma:

Derreta duas colheres (sopa) da substância em banho-maria, adicione um litro de água morna, misture bem e deixe esfriar.

Aplique fluido em todo o corpo do seu cão (exceto na cabeça) quando for dar banho nele.

Deixe agir por cinco minutos e remova com água morna.

Previna parasitas externos

Pulgas e carrapatos prejudicam a absorção de nutrientes e circulação sanguínea do animal.

Como consequência, provocam a queda excessiva de pelos, além de afetar a saúde da pele do cão.

Por isso, mantenha seu pet sempre protegido contra esses parasitas, podendo até mesmo usar algumas soluções caseiras.

Inclusive, aqui no Cura pela Natureza, já ensinamos remédios naturais para controlar pulgas e carrapatos.

Mantendo a desparasitação externa do seu cão atualizada, você evitará o prurido (comichão) causado pelas picadas e a queda de pelo.

Além disso, estes parasitos causam desconforto ao animal e transmitem doenças, por isso é essencial preveni-los.

Saúde da pele

Quando a queda ocorre em apenas uma parte do corpo do seu pet, algo indica que a saúde dele não está legal.

Por isso, é fundamental examinar a pele do animal e verificar se não tem alguma alergia, infecção, feridas, manchas ou marcas vermelhas.

Leve ao veterinário

Se mesmo após tomar os cuidados acima, seu cão continuar soltando pelo em excesso, procure atendimento especializado para obter um diagnóstico preciso.

Por isso, leve seu pet a um médico veterinário para fazer alguns exames e se certificar de como está a saúde dele.

Raças com maior queda de pelos

Algumas raças de cães torna o animal mais propenso a soltar pelos, entre elas podemos citar:

  • Beagle
  • Buldogue Francês
  • Buldogue Inglês
  • Chihuahua
  • Chow Chow
  • Golden Retriever
  • Labrador
  • Pastor Alemão
  • Pastor de Shetland
  • Pequinês
  • Pug
  • Yorkshire Terrier

Raças com menor queda de pelos

Se você não quer lidar com cachorro soltando muito pelo pela casa, poderá optar pelas seguintes raças:

  • Basenji
  • Bichon Frisé
  • Boston Terrier
  • Cão de Água Português
  • Collie
  • Dachshund (ou salsicha)
  • Galgos
  • Greyhound
  • Maltês
  • Pinscher
  • Poodle
  • Pumi
  • Shihtzu
  • Yorkshire

Importante:

Seu cão também precisam de um lar confortável e seguro, por isso mantenha-o em um local limpo, seco e arejado.

Além disso, higienize diariamente os pertences do seu pet, como comedouro, bebedouro e brinquedos.

Saiba também como transportar seu pet corretamente e com segurança.

Mais Lidas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade.