Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Restaure sua coluna e joelhos com esta bebida de canela-de-velho

A natureza é realmente extraordinária e o seu poder de cura não tem limites.

E hoje você vai aprender mais uma cura extraordinária da medicina popular.

Uma bebida que tem o incrível poder de curar artrite, artrose, dores nos joelhos, nas articulações e até a fibromialgia.

Um verdadeiro presente do Criador para todos nós.

Estamos falando do chá de uma planta conhecida como canela-de-velho, muito comum no Nordeste brasileiro, especialmente nos estados da Bahia e Sergipe.

No Brasil, existem muitas plantas chamadas de canela-de-velho.

Mas a que você tem de procurar é de nome científico Miconia albicans.

Ela é encontrada com certa facilidade nos estados citados.

Mas, se não encontrar na sua cidade, você pode comprá-la na internet.

Pesquise no Google e encontrará facilmente.

Os principais benefícios da canela-de-velho são o combate às dores da artrite e artrose.

Mas ela tem muitos outros, sendo usada até como tratamento auxiliar contra o câncer.

Mas, no caso das dores de artrite, artrose e articulações, seu efeito de cura é incrível.

Há quem diga que ela traz alívio imediato para doenças como artrose, artrite reumatoide e inflamações nas articulações.

Ela também tem comprovado uso contra tendinites, inflamações gerais, torcicolos, bursites, torções nos pés, dores na coluna, hérnias de disco, problemas intestinais, complicações da diabetes e doenças estomacais.

Como fazer o chá:

INGREDIENTES

  • 1 litro de água
  • 15 folhas de canela-de-velho

MODO DE PREPARO

  • Coloque a água para ferver.
  • Quando levantar fervura, coloque as folhas, deixe ferver por mais 30 segundos, desligue o fogo e tampe a panela.
  • Tome duas xícaras por dia, antes do almoço e antes do jantar.
  • O que sobrar do chá use para aplicar externamente na região afetada.

O tempo mínimo de tratamento para se obter bons resultados é de 30 dias, podendo se estender por mais 60 dias.

Mas há casos em que a ação é muito rápida – isso vai depender do estágio de cada doença.

E, mesmo que os resultados sejam imediatos, o tratamento deve ser continuado pelo prazo mínimo de 30 dias.

É comum que a dor desapareça logo na primeira semana de tratamento e a pessoa, simplesmente, para de tomar o chá.

Isso é um grande erro, pois deixa o tratamento sem conclusão.

Em resumo, o chá deve ser tomado e aplicado na localidade afetada pelo tempo mínimo de 30 dias.


Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO