PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Requeijão de corte caseiro: fácil de fazer, saboroso, saudável e rende 1 kg

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Além do sabor indescritível, este requeijão é muito mais saudável, pois não contém conservantes.

O requeijão é um alimento curinga na cozinha e pode ser usado de diversas formas na culinária.

Porém, ao comprá-lo no supermercado, além de estar levando para casa um produto cheio de conservantes e estabilizantes, o preço costuma ser bem salgado.

Mesmo assim, é um dos derivados do leite que está diariamente presente na mesa de boa parte dos brasileiros.

O motivo é simples: seu sabor marcante e sua textura cremosa.

Mas você já viu ou experimentou o requeijão de corte?

Essa versão é um pouco diferente do tradicional, pois apresenta uma textura sólida e em forma de barra.

Ele é proveniente do leite coalhado com acréscimo de muçarela e manteiga (ou margarina).

E com baixo investimento e poucos ingredientes é possível fazê-lo em casa.

Além do sabor indescritível, é muito mais saudável, pois não contém conservantes.

Portanto, pare de consumir alimentos ultraprocessados e aprenda a seguir como fazer um delicioso requeijão de corte caseiro de uma forma simples e econômica.

Requeijão caseiro de corte

Ingredientes:

  • 1 litro de leite
  • 40 ml de vinagre branco
  • 1 colher (café) rasa de sal
  • 300 g de muçarela picada ou ralada
  • 3 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
  • 10 colheres (sopa) de amido de milho
  • 250 ml de leite em temperatura ambiente

Sugestão: se conseguir o leite de vaca direto da propriedade rural, melhor ainda, caso contrário, opte pelo pasteurizado (pacotinho). 

O longa vida (de caixinha) também serve, porém pode acontecer de não ficar bem talhado devido aos conservantes e seja necessário levar ao fogo para coalhar.

Modo de preparo:

Coloque o leite em um recipiente, adicione o vinagre, tampe e deixe repousando (fora da geladeira) de um dia para até ele virar coalhada.

Dica: como já foi adiantado, o leite de caixinha tem muito conservante e pode não coalhar como deveria.

Portanto, se no dia seguinte você perceber que o leite não talhou o suficiente, faça o seguinte:

Transfira para uma panela e leve ao fogo médio para ferver até o soro ficar bem transparente e talhar.

Durante esse processo de fervura, adicione o sal.

Com o leite já talhado, coe em uma peneira fina, deixando aproximadamente 50 ml de soro na massa, o restante pode descartar.

Coloque a manteiga (ou margarina) em uma panela, adicione a muçarela, o leite coalhado, o sal (se ainda não adicionou) e mexa até derreter por completo e começar a levantar fervura.

Enquanto isso, dissolva o amido de milho (Maizena) nos 250 ml de leite em temperatura ambiente.

Quando o conteúdo da panela ferver bem, acrescente o amido de milho dissolvido no leite e continue mexendo durante o cozimento até engrossar.

O ponto correto é quando estiver uma massa mole parecida com a de “pão”, estiver formando uma crosta no fundo da panela e começar a desgrudar.

Despeje em uma tigela de vidro retangular ou redonda e espere esfriar.

Leve à geladeira por no mínimo quatro horas e desenforme em seguida.

Mais Lidas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade.