- PUBLICIDADE -

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Remédios caseiros e naturais para aumentar a produção de leite materno

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Veja o que fazer quando o leite materno fica escasso e o que consumir para estimular a produção desse poderoso alimento.

A amamentação é um dos ciclos mais importantes para fortalecer o laço afetivo entre mãe e filho.

O leite materno é um dos alimentos mais completos que existem, pois fornece ao bebê todos os nutrientes que ele precisa.

ESse alimento está repleto de células-tronco, glóbulos brancos, bactérias boas, anticorpos, enzimas e hormônios.

Por isso, oferece os seguintes benefícios ao bebê:

  • Aumenta a imunidade
  • Protege contra doenças
  • Previne a formação incorreta dos dentes
  • Previne problemas na fala
  • Melhora o crescimento e desenvolvimento saudável da criança

Bebês que são amamentados exclusivamente no peito durante os primeiros seis meses de vida têm menor probabilidade de sofrer com:

  • Diarreia
  • Enjoo
  • Gastroenterite
  • Gripes e resfriados
  • Infecções de ouvido e tórax
  • Candidíase.

No entanto, nem todas as mães conseguem amamentar seus filhos devido à baixa produção de leite.

E isso pode acontecer por motivos como:

  • Perda de sangue excessiva durante o parto
  • Retenção de fragmentos da placenta
  • Histórico de síndrome do ovário policístico
  • Hipoplasia mamária
  • Cirurgias mamárias anteriores ou traumatismo da mama
  • Diabetes
  • Distúrbios da tireóide
  • Ansiedade, desconforto e dor
  • Privação de sono, pois é na madrugada que ocorre o pico de prolactina, que é o hormônio que estimula a produção de leite pelas glândulas mamárias

Essa situação faz com que muitas mulheres busquem pelo conhecimento popular, optando por remédios naturais que possam auxiliar na produção de leite.

Por isso, veja o que fazer quando o leite ficar escasso.

Silimarina

A silimarina ajuda a aumentar a produção de leite materno e, o melhor, mantém o seu valor nutritivo em água, proteína, gordura e carboidrato.

Além disso, auxilia na redução dos episódios inflamatórios mamários, diminui o uso de antibióticos e melhora o processo de amamentação.

Essa substância é extraída do cardo-mariano, uma planta medicinal com vários benefícios para a saúde.

[SIGA O CANAL DO CURA PELA NATUREZA NO TELEGRAM

Você pode comprar o pó de silimarina em farmácias, lojas de produtos naturais e consumi-lo diluído em água, de três a cinco vezes ao dia.

Porém, mesmo sendo um produto natural, procure orientação médica antes de consumir.

Chá composto

Os chás para aumentar a produção de leite materno também contribuem para a saúde dos seios.

Eles previnem as fissuras e inflamações como a mastite, além de ajudar na saúde do bebê, reduzindo cólicas e a formação de gases.

A receita a seguir é bem elaborada, mas precisa seguir as proporções corretas das ervas, que podem ser encontradas em lojas de produtos naturais.

Ingredientes:

  • 50g de galega
  • 50g de erva-doce
  • 25g de alcarávia (cominho)
  • 50g de feno-grego
  • 25g de anis-estrelado

Modo de preparo:

Coloque todas as ervas e especiarias em um recipiente hermético e misture-as bem.

Em seguida, coloque quatro colheres (sopa) dessa mistura em um litro de água fervente, tampe e deixe em infusão por 15 minutos.

Coe e tome durante o dia.

Benefícios das ervas

Galega

Esta planta possui ação galactagoga, que estimula a atividade das glândulas mamárias e a produção de leite materno.

Erva-doce

A erva-doce tem ação calmante e, quando a mãe está calma, libera oxitocina, hormônio importante para descer o leite.

Alcarávia

Esta planta, também chamada de cominho, possui propriedades galactagoga, ajudando a estimular a secreção de leite das lactantes.

Feno-grego

O feno grego contém fitoestrogênios, compostos semelhantes ao estrogênio, hormônio feminino que ajuda a aumentar o fluxo de leite.

Além disso, possui ação galactagoga, que também auxilia na produção de leite.

Estudo publicado no Journal of Pediatric Sciences observou 25 mulheres que tinham dado à luz recentemente.

Elas tomaram três xícaras de chá de feno-grego diariamente por duas semanas e se observou um aumento no volume de leite nas primeiras semanas.

Anis-estrelado

O anisestrelado é rico em anetol, substância com propriedades estrogênicas que auxiliam na produção de leite.

Suco de ervas

Este sumo de ervas com caqui e água de coco é mais uma alternativa natural  para aumentar a produção de leite.

Isso porque os ingredientes possuem propriedades capazes de aumentar a secreção láctea, além de hidratar o organismo.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de hortelã
  • 1 colher (sopa) de erva cidreira
  • ! colher (chá) de erva-doce
  • 1 caqui inteiro
  • 200ml de água de coco
  • 200ml de água

Dica: opte pelas ervas frescas, caso não encontre, pode usar as folhas secas.

Modo de preparo:

Coloque a água em uma panela, adicione todas as ervas e leve para ferver.

Quando levantar fervura, desligue o fogo, tampe e deixe abafar por 15 minutos.

Em seguida, coe e leve ao liquidificador, acrescente o caqui cortado em pedaços, a água de coco e bata bem.

Tome de acordo com a sua necessidade, de um a no máximo três copos ao dia.

Benefícios da hortelã

A hortelã, assim como a erva-doce, possui propriedades calmantes.

Consequentemente, quando a mãe está calma, libera oxitocina, um importante hormônio que ajuda o leite a descer.

Benefícios da erva-cidreira

A erva-cidreira contém citrol e linol, compostos que estimulam a produção de leite.

Além disso, possui outros nutrientes que contribuem para a secreção láctea.

Benefícios do caqui

O caqui é uma fruta rica em vitaminas B1, B2, B6 e C, cálcio, ferro, fósforo, magnésio, potássio, sódio, fibras, catequinas e taninos.

Por isso, é indicado para galactogênese, principalmente para mulheres com pouca produção de leite materno.

  • Galactogênese: é o início de formação da secreção láctea, da lactação e também responsável pela produção e liberação do leite.

Dicas extras

Algumas dicas simples também podem ajudar a aumentar a produção do leite materno:

  • Tome bastante água
  • Dê de mamar sempre que o bebe estiver com fome
  • Dê a mama até ao fim, pois, quanto mais vazia a mama ficar, maior será a produção de hormônios e a produção de leite
  • Consuma alimentos que estimulam a produção de leite: alho, vegetais com folhas verde, aveia, abacate, nozes, vegetais de raiz vermelha (cenoura, beterraba, rabanete) e laranja

Importante:

Mesmo seguindo os remédios naturais e as dicas, é sempre bom consultar um médico ao suspeitar que a sua produção de leite materno está baixa.

O profissional vai identificar se existe algum problema que esteja causando essa alteração e indicará o tratamento mais adequado.

Mais Lidas