- PUBLICIDADE -

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Remédio caseiro para acabar com a micose das unhas e fungos de pele

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Para preparar este remédio, você vai usar ingredientes antifúngicos que tem em casa.

Micoses são infecções causadas por fungos que atingem as unhas, os pés e a pele.

São particularmente frequentes em áreas de calor, umidade e pouca luz, condições ideais para o desenvolvimento dos fungos.

Em geral, a micose causa deformação nas unhas, rachaduras entre os dedos, coceira e manchas brancas. 

No caso dos fungos na unhas, o que ocorre é a onicomicose, condição em que eles se alimentam de queratina, proteína que forma a maior parte das unhas. 

Esse problema pode acometer tanto as unhas das mãos quanto dos pés.

No início, surge uma mancha pequena e de cor clara na unha, porémaos poucos vai evoluindo.

Com o tempo, a unha vai se tornando mais grossa e frágil e, em alguns casos, descola do dedo.

[SIGA O CANAL DO CURA PELA NATUREZA NO TELEGRAM]  

Assim, o espaço fica oco e acumula restos de queratina, fungos e bactérias, além de adquirir um aspecto amarelado.

Já nos pés, entre os dedos, ocorre a frieira, também conhecida como pé de atleta.

Nesse quadro, os fungos se espalham entre os dedos e provocam bolhas de água, coceira, descamação e rachaduras.

Tratamento contra micose

O tratamento para micose envolve, além de mudanças de comportamento, a aplicação de remédios antifúngicos.

De acordo com o Ministério da Saúde, o tratamento é sempre prolongado, variando de cerca de 30 a 60 dias.

Além disso, após terminar os sintomas, não se deve interromper a aplicação dos medicamentos, afinal,  alguns fungos agem nas camadas mais profundas e podem resistir.

Mas, dependendo da intensidade do quadro das infecções, você pode fazer o tratamento com remédios naturais.

Por isso, separamos uma receita que vai lhe ajudar a se livrar das micoses e até mesmo potencializar o tratamento indicado pelo médico.

Remédio caseiro para micose

Para preparar este remédio que vai ajudar no tratamento contra micoses, você vai usar ingredientes que certamente tem em casa.

Ingredientes:

  • 1 folha pequena de babosa
  • 1 colher (chá) de tomilho
  • 1/2 colher (chá) de cravo-da-índia
  • Vinagre de maçã 
  • 1 frasco de vidro pequeno e com tampa 

Dica: utilize um frasco que caiba de 100 a 200 ml de vinagre, mas, caso não tenha, pode ser um maior (aqueles de conserva) porém aumente a quantidade dos ingredientes.

Preparação e uso:

Lave bem a folha da babosa, corte-a em pedaços bem pequenos e coloque no vidro limpo e esterilizado.

Adicione o tomilho, o cravo-da-índia e o vinagre de maçã – o suficiente para encher o vidro.

Tampe e deixe curtir por no mínimo dois dias antes de usar, porém quanto mais tempo ficar curtindo, melhor será a sua ação.

Para aplicar, umedeça um algodão limpo na mistura e aplique no local da micose – unhas, pés ou na pele.

Importante: a região deve estar limpa, por isso, lave bem com sabão neutro ou sabonete, seque e depois passe o remédio que ensinamos.

Faça este tratamento diariamente até eliminar a micose por completo.

Benefícios dos ingredientes

Como a micose é causada por fungos, é necessário seguir o tratamento específico com ingredientes antifúngicos.

Por isso, cada um dos ingredientes usados neste remédio caseiro possuem propriedades que ajudam a eliminar os fungos e bactérias.

Confira!

Babosa

A babosa, também conhecida como aloe vera, possui ação antisséptica e antifúngica. 

Por isso, ajuda a combater o crescimento de fungos, bactérias e também alivia a coceira e irritação.

Um estudo publicado na Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, comprovou o uso da babosa para o tratamento de micoses superficiais. 

  • Micose superficiais: são infecções causadas por fungos que afetam  a pele, unhas e cabelo.

Além disso, o gel da babosa contém bradicininase, uma enzima com atividade anti-inflamatória. 

A planta também tem ação limpadora, deixando as unhas limpas e livres de resíduos e impurezas.

Além disso, possui propriedades nutritivas e hidratantes que auxiliam na hidratação profunda das unhas.

Por fim, a babosa mantém as unhas saudáveis e evita a fragilidade, fraqueza e promove a regeneração delas.

Tomilho

O tomilho contém timol, substância com propriedades antissépticas que auxiliam no tratamento de infecções.

Além disso, o tomilho é um excelente antifúngico e antibacteriano, podendo ser usado contra fungos, bactérias e infecções de pele.

Segundo estudo da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), o óleo essencial de tomilho possui atividades antimicrobianas (bactérias e fungos) e é muito usado como agente antisséptico.

Cravo-da-índia

O cravo-da-índia contém propriedades antissépticas, antifúngicas, antibióticas, antiparasitárias, antivirais e anti-inflamatórias.

Por isso ajuda a reduzir os riscos das unhas serem contaminadas por fungos e bactérias.

Segundo estudo da Universidade do Vale do Paraíba (Univap), o potencial antifúngico do óleo essencial de cravo-da-índia foi eficaz contra a Paracoccidioides brasiliensis. 

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã é composto de ácido acético, propriedades antifúngicas e bactericidas, como destaca este estudo da Middlesex University London.

Desse modo, ajuda a eliminar os fungos e bactérias que causam a micose nas unhas.

Ele também possui propriedades alcalinas que neutralizam o pH da pele, prevenindo a proliferação demicrorganismos.

Para que você possa entender melhor, vamos explicar de uma forma mais simples.

Os fungos e bactérias não gostam de lugares ácidos e, em ambiente alcalino, não conseguem se multiplicar.

Dicas importantes para evitar fungo nas unhas:

  • Não roer as unhas
  • Mantenha as unhas sempre cortadas, limpas e secas
  • Use meias de algodão
  • Sempre use talco nos pés para controlar a umidade
  • Evite andar descalço em ambientes públicos como piscinas, vestiários, praia e praças esportivas
  • Não empreste para ninguém suas toalhas, roupas e calçados
  • Não compartilhe utensílios de manicure ou pedicure
  • Desinfete esses utensílios antes de usá-los
  • Sempre que for à manicure, leve todo o seu material, inclusive o esmalte

Mais Lidas