quinta-feira, 2 dezembro 2021
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Rejuvelac caseiro: bebida probiótica que melhora a digestão e aumenta a imunidade

O rejuvelac é uma bebida probiótica, feita a partir da germinação e fermentação de grãos ou cereais, que ajuda na saúde intestinal.

Manter a saúde intestinal em dia é um dos pilares para ter uma vida saudável.

Isso porque, o nosso intestino contém inúmeros microrganismos que desempenham várias funções no organismo.

Como parte do que é necessário para manter a flora intestinal saudável vem da nossa alimentação, é fundamental selecionar os alimentos que consumimos.

Para quem ainda não sabe o que é flora intestinal, também conhecida como microbiota intestinal, trata-se de um conjunto de bactérias boas que vivem e se desenvolvem no intestino.

Esses microrganismos têm funções importantes para manter o intestino saudável e o funcionamento normal do sistema imunológico.

Além de estar atento aos alimentos consumidos, apostar em bebidas probióticas é uma excelente alternativa para manter o intestino funcionando corretamente.

Elas são fontes de lactobacilos vivos que agem diretamente e de forma benéfica na composição da flora intestinal.

Um tipo de probiótico, pouco conhecido, é o rejuvelac, bebida feita a partir da germinação e fermentação de grãos e cereais integrais.

Benefícios do rejuvelac

O rejuvelac é fonte de vitaminas do complexo B, C, E, proteínas e lactobacilos, auxiliando na digestão, além de aumentar a imunidade.

Também ajuda a destruir as bactérias patogênicas (do mal) do intestino, combate a retenção de líquidos e a constipação (prisão de ventre).

Outro benefício do rejuvelac é que, por conter um teor elevado de enzimas, contribui para a reposição das enzimas perdidas durante o cozimento dos alimentos.

Além disso, proporciona benefícios para outros órgãos do corpo, como, por exemplo, fígado, vesícula e cólon.

Em resumo, os efeitos terapêuticos do rejuvelac são os seguintes:

  • Excelente diurético: elimina o excesso de líquido retido no organismo;
  • Ajuda a regularizar a flora intestinal; 
  • Limpa o cólon sem causar cólicas ou diarreia;
  • Combate a constipação intestinal;
  • Repõe a saudável flora intestinal após o uso de antibióticos;
  • É alcalino e, por isso, protege o coração contra os radicais livres e microrganismos prejudiciais à saúde.

Como fazer rejuvelac de grãos de trigo

Separe uma medida de grãos de trigo – pode ser um copo ou xícara -, lave bem em água corrente e coloque de molho por 24 horas.

Após esse tempo, escorra a água, lave novamente e coloque os grãos úmidos em um pote vidro esterilizado e seco- quanto maior o recipiente, melhor.

Tampe a boca do vidro com um tecido que permite a entrada de ar para oxigenação, prenda (o tecido) com um elástico e deixe um local arejado e sob a incidência de luz.

Esse será o processo de germinação e você pode deixar o vidro um pouco inclinado com a boca para baixo – apenas forre a bancada com um pano.

Isso porque, como os grãos estão úmidos, pode escorrer um pouco de água.

Aguarde 24 horas e os grãos irão germinar – pode ser que demore até 48 horas, tudo irá depender do produto utilizado.

Depois que germinar (se brotar não tem problema) adicione cinco medidas de água filtrada – ou seja, se usou um copo de grãos de trigo, coloque cinco copos de água.

Deixe fermentar por 24 horas, tampado com o tecido – a água vai ficar com um tom “esbranquiçado” e algumas bolhinhas, isso indica que já fermentou e o rejuvelac está pronto para o consumo.

Coe o líquido, coloque em uma jarra ou garrafa de vidro e armazene na geladeira por até cinco dias, porém, recomenda-se consumir em três dias.

Outra dica é, não descarte os grãos, coloque mais cinco medidas de água e deixe fermentar por mais 24 horas e você terá outro rejuvelac.

Após o segundo preparo, os grãos já terão formado brotos e, por isso, podem ser reaproveitados em saladas.

Dica importante: se o rejuvelac ficar com um cheiro ruim, não beba, no entanto, utilize-o para regar as plantas, pois é um excelente adubo vegetal.

Como consumir o rejuvelac

Tome um copo diariamente meia hora antes das refeições – caso queira, pode adicioná-lo em sucos naturais, iogurte e vitaminas com frutas.

Além disso, se optar por consumi-lo puto, caso queira, esprema um pouco de suco de limão.

Diabéticos também podem consumir essa bebida, porém,tome pequenas quantidades e diluído em água.

Se necessário, consulte um médico antes para ele prescrever a dose ideal para o seu caso.

Outra boa notícia é que, o rejuvelac não contém glúten e, por isso, intolerantes a esse também podem consumir.

Mas e seu eu fazer com trigo, o trigo contém glúten, como a bebida não?

Calma, vamos explicar.

O rejuvelac não contém glúten simplesmente pelo fato de o glúten não ser solúvel em água.

Ou seja, mesmo com o processo de fermentação, a bebida não contém glúten.

Porém, se mesmo assim estiver com dúvidas, consulte seu médico ou nutricionista para maiores informações.

Grãos que podem ser utilizados no preparo do rejuvelac

Abaixo listamos outros grãos e cereais que podem ser utilizados para fazer o rejuvelac caseiro.

O processo de preparo é o mesmo ensinando acima, basta apenas escolher o ingrediente que cabe no seu bolso e que seja mais fácil de encontrar.

Você pode comprar em lojas de produtos naturais e em celeiros.

  • Quinoa
  • Chia
  • Linhaça
  • Painço
  • Arroz integral
  • Amaranto
  • Centeio

Agora que você já conhece os benefícios e como fazer o rejuvelac, coloque essa receita em prática. 

Lógico que não precisa ser a base da sua alimentação, no entanto, consuma com mais frequência para ter uma opção probiótica em sua dieta.

- PUBLICIDADE -

Veja Também

Redes Sociais

3,436,539FãsCurtir
159,642SeguidoresSeguir
572,213SeguidoresSeguir
522SeguidoresSeguir
3,870SeguidoresSeguir
564,000InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -