Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Receita de iogurte com leite de coco

Você pode fazer iogurte com leite de coco, sabia?

Pois é, não só com o leite de coco, mas com a maioria dos leites vegetais.

E nós conseguimos uma receita muito bacana de iogurte de leite de coco!

Não há nenhuma complicação, a receita é muito fácil.

Nós recomendamos que se faça com o leite de coco caseiro.

Mas se você quiser pode tentar fazer com o industrializado.

Fazer leite de coco também é muito fácil.

Bastam 3 xícaras de coco ralado e 4 xícaras de água.

Você bate no liquidificador (tem que ser um bom, potente) por 5 minutos.

Depois passa numa peneira, espremendo com uma colher para tirar todo o líquido.

E pronto, eis o seu leite coco!

Agora que você já tem o leite de coco, já pode fazer o iogurte, que também é superfácil:

INGREDIENTES


1 litro de leite de coco

2 colheres (chá) de gelatina agar-agar (compra-se em supermercados ou em lojas de produtos naturais)

2 colheres (sopa) de açúcar mascavo ou de mel

Cultura-mãe  (ver explicação adiante)

MODO DE PREPARO

Comece higienizando bem os utensílios utilizados no preparo.

O ideal é que você esterilize tudo com água fervente, para que não ocorra nenhuma contaminação durante o preparo, o que prejudicaria a receita.

Feito isso,  coloque o leite de coco e a gelatina numa panela e leve para aquecer em fogo baixo por 3 minutos.  

Espere amornar, deve ficar numa temperatura entre 40 e 45 graus Celsius. 

Meça com o auxílio de um termômetro culinário,

Caso não o tenha, coloque um pouco do leite no seu braço e veja se está suportável.

Não pode ser quente demais, pois mataria os probióticos, nem frio demais, pois impediria a reprodução deles.

Se estiver na temperatura ideal, adicione o açúcar e por último a cultura-mãe.

E o que vem a ser essa cultura-mãe?

É o probiótico que será usado para que o leite vire iogurte.

Aqui você tem três opções;

– 1 envelope de fermento para iogurte, como este <AQUI>;

– ou 50 bilhões de probióticos em cápsulas (você pode pedir a seu nutricionista a receita para manipular; na hora de usar, tire a cápsula e só coloque o conteúdo dela, o pozinho que contém as bactérias do bem);

– ou 1 copo de iogurte natural.

Prosseguindo, adicione a cultura-mãe, misture com uma colher esterilizada e despeje em um vidro também esterilizado.

Depois, coloque o vidro em bolsa térmica ou envolto em panos num ambiente mais aquecido, que pode ser o forno de seu fogão levemente preaquecido.

Deixe fermentar de 8 a 12 horas e leve à geladeira.  

A partir do segundo dia na geladeira, o iogurte ficará mais consistente.

Consuma em até 5 dias.

Você pode fazer iogurte com leite de coco, sabia?

Pois é, não só com o leite de coco, mas com a maioria dos leites vegetais.

E nós conseguimos uma receita muito bacana de iogurte de leite de coco!

Não há nenhuma complicação, a receita é muito fácil.

Nós recomendamos que se faça com o leite de coco caseiro.

Mas se você quiser pode tentar fazer com o industrializado.

Fazer leite de coco também é muito fácil.

Bastam 3 xícaras de coco ralado e 4 xícaras de água.

Você bate no liquidificador (tem que ser um bom, potente) por 5 minutos.

Depois passa numa peneira, espremendo com uma colher para tirar todo o líquido.

E pronto, eis o seu leite coco!

Agora que você já tem o leite de coco, já pode fazer o iogurte, que também é superfácil:

INGREDIENTES


1 litro de leite de coco

2 colheres (chá) de gelatina agar-agar (compra-se em supermercados ou em lojas de produtos naturais)

2 colheres (sopa) de açúcar mascavo ou de mel

Cultura-mãe  (ver explicação adiante)

MODO DE PREPARO

Comece higienizando bem os utensílios utilizados no preparo.

O ideal é que você esterilize tudo com água fervente, para que não ocorra nenhuma contaminação durante o preparo, o que prejudicaria a receita.

Feito isso,  coloque o leite de coco e a gelatina numa panela e leve para aquecer em fogo baixo por 3 minutos.  

Espere amornar, deve ficar numa temperatura entre 40 e 45 graus Celsius. 

Meça com o auxílio de um termômetro culinário,

Caso não o tenha, coloque um pouco do leite no seu braço e veja se está suportável.

Não pode ser quente demais, pois mataria os probióticos, nem frio demais, pois impediria a reprodução deles.

Se estiver na temperatura ideal, adicione o açúcar e por último a cultura-mãe.

E o que vem a ser essa cultura-mãe?

É o probiótico que será usado para que o leite vire iogurte.

Aqui você tem três opções;

– 1 envelope de fermento para iogurte, como este <AQUI>;

– ou 50 bilhões de probióticos em cápsulas (você pode pedir a seu nutricionista a receita para manipular; na hora de usar, tire a cápsula e só coloque o conteúdo dela, o pozinho que contém as bactérias do bem);

– ou 1 copo de iogurte natural.

Prosseguindo, adicione a cultura-mãe, misture com uma colher esterilizada e despeje em um vidro também esterilizado.

Depois, coloque o vidro em bolsa térmica ou envolto em panos num ambiente mais aquecido, que pode ser o forno de seu fogão levemente preaquecido.

Deixe fermentar de 8 a 12 horas e leve à geladeira.  

A partir do segundo dia na geladeira, o iogurte ficará mais consistente.

Consuma em até 5 dias.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

VEJA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO

PUBLICIDADE