PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Prisão de ventre: 5 manobras que ajudam seu intestino a eliminar as fezes

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Conheça algumas técnicas que permitem o relaxamento da musculatura do reto e podem auxiliar na evacuação.

De todos os problemas digestivos, a prisão de ventre (constipação) é um dos mais desagradáveis.

Essa condição atinge tanto o público feminino quanto masculino e também pessoas de todas as idades.

Esse problema ocorre quando as fezes chegam ao reto, mas não há o relaxamento da musculatura do ânus.

Como consequência, por mais que a pessoa faça força, as fezes não saem.

As causas desse quadro são várias, como mudança da dieta alimentar, uso de medicamentos, idade, desordem hormonal, entre outras.

Os sintomas mais comuns dessa obstrução, além  parada de eliminação das fezes, são:

  • Inchaço exagerado da barriga;
  • Dor abdominal em cólica e intensa;
  • Esforço para evacuar;
  • Fezes endurecidas e/ou secas
  • Sensação de evacuação incompleta;
  • Diminuição do apetite;
  • Náuseas e vômitos.

Como resolver isso?

Existem algumas manobras que permitem o relaxamento da musculatura e podem auxiliar na evacuação.

Apoio para os pés

A posição correta para fazer cocô é de cócoras, ou seja, sentar no vaso sanitário com os joelhos elevados.

Para isso, você pode usar um apoio para os pés, como um banquinho pequeno, caixa de sapato, balde ou um cesto virado ao contrário.

Dessa forma, você irá formar um ângulo de 35° de assento, simulando a posição de cócoras.

Esta posição vai ajudar a relaxar o músculo puborretal, liberando a passagem do intestino e facilitando a saída das fezes.

Uma postura correta ao ir ao banheiro proporciona os seguintes benefícios:

  • Relaxa o reto e promove o esvaziamento completo do intestino;
  • Melhora a capacidade de evacuar;
  • Auxilia na prevenção de problemas relacionados à prisão de ventre;
  • Previne contra hemorroidas.

Massagem abdominal 

Fazer uma massagem abdominal pode ajudar a eliminar as fezes mais facilmente, pois a pressão feita na barriga estimula o intestino a se movimentar.

Inicie do lado direito, por baixo das costelas, percorrendo a barriga até chegar às costelas do lado esquerdo. 

Continue a massagem no sentido para baixo, seguindo a mesma linha até a barriga e depois pelo lado direito até o umbigo.

Ao fazer uma massagem nesse sentido, você ajuda na movimentação intestinal fazendo com que as fezes cheguem no reto, facilitando a evacuação.

Porém, os resultados serão mais eficientes se você tiver uma alimentação adequada, como o consumo de fibras e bastante líquido.

Suporte vaginal

No caso das mulheres, na hora de evacuar existe um quadro chamado retocele, onde a parede anterior do reto se projeta sobre a parede posterior da vagina.

Porém, às vezes não irão sair na vagina, mas forçam essa parede e quando a pessoa vai ao banheiro, por mais que faça força, as fezes não saem.

Nesse caso, a mulher pode colocar a mão na parede posterior da vagina e comprimir, direcionando a saída das fezes.

No entanto, é fundamental fazer esse movimento com muito cuidado e sem muita força, para não causar ferimento naquela região.

Por isso, fique atenta para não causar nenhum ferimento com a unha no septo retovaginal, que separa a vagina do reto, pois pode causar uma fístula.

Mas, fazendo esse movimento cuidadosamente na parede posterior, você vai direcionar a saída das fezes, facilitando a evacuação.

Suporte para o períneo

Outro quadro que é mais comum nas mulheres é o chamado descenso perineal, que ocorre quando a pessoa faz força para evacuar.

Como a musculatura pélvica está flácida, a pelve inteira desce e, em vez de ratificar o reto para facilitar a saída das fezes, ela se movimenta como um todo.

Para facilitar a evacuação nesses casos, a pessoa pode dar um suporte para a pelve, fazendo uma compressão (com bastante cuidado) nas laterais do ânus.

No entanto, essa técnica não substitui uma consulta médica, que deve ser feita para investigar o problema e também para indicar o tratamento a ser seguido.

Em alguns casos é indicado fisioterapia que orienta como fazer manobras que auxiliam na saída das fezes.

Digitação anorretal

Algumas pessoas também fazem uma manobra de digitação do ânus e do reto, que consiste em introduzir o dedo ou um supositório nesta região.

Essa manobra provoca um relaxamento da musculatura do ânus, podendo ajudar as pessoas que sofrem com a contração paradoxal.

Contração paradoxal: a musculatura da região anal deve estar relaxada para favorecer a passagem de fezes, porém, devido a uma incoordenação, os músculos se contraem, dificultando a saída do bolo fecal.

Porém, ao aplicar essa manobra é necessário muito cuidado, pois ao introduzir o dedo ou supositório no ânus pode ocorrer sangramento e/ou fissuras.

Por isso, é um tratamento indicado para pacientes que já foram diagnosticados com contração paradoxal e não uma técnica que a pessoa faz por conta própria.

Além do mais, em muitos casos, algumas pessoas terão que tirar as fezes com o dedo, pois elas estão duras e não vão ser eliminadas com facilidade na evacuação.

Dicas para prevenir a prisão de ventre

  • Nunca ignore a vontade de evacuar, ou seja, vá ao banheiro sempre que sentir necessidade, nunca deixe para depois;
  • Mantenha uma alimentação balanceada e consuma bastante líquidos, de preferência água;
  • Mastigue bem os alimentos;
  • Evite alimentos ricos em gordura saturada e gordura trans;
  • Pratique atividades físicas regularmente;
  • Procure diminuir o estresse, fazendo algo que lhe proporcione prazer como caminhada no parque, leitura ou meditação;
  • Não consuma laxantes em excesso, pois o uso indevido pode causar o efeito contrário.

Importante

Essas manobras não substituem uma consulta médica e o tratamento indicado pelo profissional.

Por isso, sempre que tiver dificuldades para evacuar, consulte um médico para diagnosticar as causas e indicar o melhor tratamento.

Mais Lidas

Todas as suas informações pessoais recolhidas serão usadas para ajudar a tornar a sua visita no nosso site a mais produtiva e agradável possível. A garantia da confidencialidade dos dados pessoais dos utilizadores do nosso site é importante para Cura pela Natureza. Conheça nossa Política de Privacidade.