Toalha limpinha, cheirosa e macia é tudo de bom, não é mesmo?

O problema é que, com o uso, as toalhas vão perdendo a capacidade de absorção e começam a adquirir um cheiro ruim.

Para piorar, a maioria das pessoas não sabe como lavar adequadamente.

Não é necessário lavar suas toalha várias vezes por semana, mas é bom que seja, pelo menos, uma vez a cada 15 dias.

Se eles começarem a emitir um cheiro desagradável depois do uso, é provável que haja resíduos de sabão.

Se você misturar dois ingredientes especiais, vai conseguir eliminar o odor, as manchas e aquela sensação de tecido áspero.

Quer aprender a receita?

É muito fácil.

Basta misturar bicarbonato de sódio –  que é uma das melhores alternativas naturais porque mata bactérias e neutraliza o odor – com  vinagre branco, que, graças aos ácidos naturais, ajuda a remover a sujeira e os resíduos de sabão.

Veja como deve ser feito:

INGREDIENTES

1 xícara de vinagre branco

Meia xícara de bicarbonato de sódio

Água quente (o necessário)

CURA PELA NATUREZA - LEIA AQUI AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MODO DE PREPARO

Coloque as toalhas na máquina de lavar e adicione água quente.

Execute a lavagem.

Deixe as toalhas na máquina de lavar e volte a encher com água quente, desta vez, adicionando o bicarbonato de sódio.

Execute outro ciclo de lavagem e seque as toalhas em um local ventilado.

E quem não tem máquina de lavar com a opção de água quente?

Pode fazer na mão.

Mas vai ter de deixar por pelo menos 30 minutos de molho na água quente com vinagre e bicarbonato de sódio.

Depois esfrega e repete o ciclo (mais 30 minutos de molho).

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Seção: 

TV Cura pela Natureza - assista agora




Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.