Como você e seu cônjuge dormem?

Segundo especialistas, a posição que o casal fica, ao se deitar na cama, diz muito sobre o relacionamento.

Veja as opções mais comuns e o que elas podem caracterizar:

1. Dormir lado a lado, mas distantes

Além de ser confortável, já que ambos têm espaço para se mexer, é sinal de que o casal está bem.

Embora parece o contrário, dormir lado a lado, mas com certa distância mostra que os dois estão confortáveis e seguros.

2. Dormir de conchinha

Nem precisamos dizer que esta posição é um bom sinal, certo?

O casal fica bem coladinho e se sente muito bem juntos.

3. Dormir de costas um para o outro

Se vocês dormem de costas e não se encostam, pode ser sinal de falta de intimidade ou desconforto.

No entanto, se os membros inferiores se entrelaçam, então significa que estão confortáveis juntos um do outro.

Basta se lembrar de quando você vai dormir depois de uma discussão com seu cônjuge.

Deitam-se abraçados?

Certamente não.

CURA PELA NATUREZA - LEIA AQUI AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

4. Dormir abraçados, mas acordar afastados

Isso é muito normal!

Sinal de intimidade e, ao mesmo tempo, de independência.

5. A cama ser dominada por um dos parceiros

Isso pode ser um exemplo de relacionamento tóxico.

É bem provável que um dos parceiros esteja tentando ter um predomínio na relação.

6. Dormir deitado no peito do parceiro

Posição de dormir muito comum entre os novos casais.

Geralmente quem dorme assim são os casais muito apaixonados ou que acabaram de se reconciliar.

7. Dormir de frente um para o outro, mas sem se tocarem

Pode ser sinal de que estejam querendo mais intimidade, mas não dão o braço a torcer.
 
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Seção: 

TV Cura pela Natureza - assista agora




Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.