As pessoas costumavam dormir sete ou oito horas por dia, antigamente.

Hoje em dia, com o acelerado ritmo de vida de um mundo cada vez mais competitivo, dorme-se em torno de seis ou sete horas.

Isso é geral – acontece tanto com os homens, quanto com as mulheres.

Uma situação ainda pior é de quem trabalha no período da noite e dorme pela manhã.

Afinal, todo mundo sabe que o corpo precisa da escuridão natural para uma boa qualidade de sono.

Embora haja pessoas que não veem diferença com as poucas horas de sono, o organismo todo sente e sofre.

Por isso, é muito importante respeitar o tempo e os critérios para um bom sono.

O assunto é tão sério que quem que dormem menos de 6h por dia têm grandes chances de sofrer de doenças cardíacas.

Além disso, pesquisas revelaram que há um risco dessas pessoas desenvolverem acidente vascular cerebral 15% maior do que as demais.

Por outro lado, se você se gaba por dormir demais, cuidado: dormir mais de oito horas por noite também aumenta o risco de doenças cardíacas em 38%.

O equilibrio é o segredo da vida.

Quando dormimos, o corpo relaxa e diminui a pressão arterial, o que não pode acontecer se dormimos mal.

Mas quem se importa, de verdade, com isso?

Vivemos num tempo em que as pessoas vivem com muito estresse, seja pelo trabalho, problemas em casa ou até mesmo a tecnologia excessiva.

O resultado disso, é a busca cada vez maior por calmantes e soníferos.

No entanto, eles são químicos e podem viciar – agravando ainda mais os problemas de saúde.

insonia_-_mel_e_sal.jpg

Se você realmente se importa com a qualidade de vida, busque melhorar a qualidade do seu sono de forma natural.

Esta receita é uma boa opção para isso:

INGREDIENTES

5 colheres (sopa) de mel (orgânico de preferência)

1 colher (sopa) de sal do Himalaia rosa

MODO DE PREPARO

Misture os ingredientes e coloque um pouco da mistura sob a língua, deixando dissolver naturalmente.

Entendeu?

Você vai usar apenas um pouco deste medicamento caseiro, todas as noites, debaixo da língua, deixando-o dissolver naturalmente.

O sal do Himalaia é um ingrediente forte para esta receita porque contém mais de 80 minerais e elementos indispensáveis ao nosso corpo, muitos deles relaxantes e facilitadores do sono.

O mel, por outro lado, contém glicose, que leva a energia dos alimentos para a célula do corpo.

Juntos, há um trabalho perfeito na produção de serotonina, o que alivia o estresse e nos ajuda a ter uma boa noite de sono.

Diabéticos, em razão do mel, não devem usar esta receita.

E ela tem que ser feita com o sal do Himalaia, que é um sal integral.

O sal comum, que é puro cloreto de sódio, não serve.

Ah, tem mais uma coisa: em geral, o sal do Himalaia é bem tolerado pelos hipertensos.

Mas, se você tiver pressão alta, é importante conversar com o profissional de medicina que o acompanha.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Seção: 

Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.