Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Por toda a vida, você lavou errado o cabelo – esta é a forma certa de lavar!

Será que você realmente sabe lavar os cabelos?

A pergunta parece boba, mas muita gente danifica os fios na hora do banho por lavá-los incorretamente.

Afinal, ter um cabelo bonito, sedoso e limpo não é tarefa fácil.
 
A primeira coisa que devemos observar é a qualidade do xampu, condicionador e da hidratação.

Eles são essenciais, principalmente quando nossa cabeça recebe muitos produtos químicos.

Além disso, o vapor quente, do secador ou da chapinha, por exemplo, também é muito prejudicial à saúde dos fios.

Enfim, quando o assunto é cabelo, existem detalhes que fazem muita diferença.

Por isso vamos ajudar você.

Veja como lavar seu cabelo corretamente:

1. Não use xampu ou qualquer outro produto diariamente, pois eles tendem a ressecar os fios.

Deixe que seu cabelo descanse pelo menos por dois dias.

2. Não demore muitos dias (3, 4, 5, 6, 7…) para lavar o cabelo, pois ele absorve muitos poluentes.

O intervalo de dois dias já é suficiente.

3. Não esfregue o couro cabeludo com força nem com as unhas.

Ele deve ser lavado com a ponta dos dedos de forma suave para não ferir nem quebrar os fios.

4. Água quente não é boa para os cabelos.

Evite usá-la na hora de lavá-los, pois resseca bastante.

 

5. Não use xampu em excesso.

Os dermatologistas recomendam apenas a quantidade equivalente à circunferência de uma moeda.

Isso evita danos no couro cabeludo causados pela química do produto.

6. Utilize xampu apenas no couro cabeludo e nas raízes e não em todo o cabelo, como muitos fazem.

Aplique nas pontas dos fios apenas o condicionador ou creme hidratante.

7. Seque bem o cabelo antes de pentear, pois isso evita a quebra dos fios.

Apenas com esses simples cuidados, sem a necessidade de nenhum custo extra, seus cabelos passarão a ter um visual muito melhor.

Experimente e comprove!

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM