Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Por que o som da nossa voz gravada é diferente do que estamos acostumados a ouvir?

A maioria das pessoas acha estranho e não gosta de ouvir a própria voz reproduzida em um aparelho eletrônico, como um gravador, caixa de som ou celular.

Provavelmente você já ouviu uma gravação de sua própria voz no Whatsapp ou em um vídeo, por exemplo, e, claro, se assustou com o som.

Certo?

E o pior: sua voz gravada não lhe pareceu nada familiar e você odiou o resultado?

Se isso acontece com você, não se preocupe.  

Esse fenômeno estranho não é exclusividade sua, é universal.

E acredite, há uma razão lógica pela qual nossa voz soa tão diferente – e horrível – nas gravações.

Ouvimos sons de vibrações sendo captadas pelo tímpano.

As vibrações são enviadas para três ossos no ouvido médio e, finalmente, para a cóclea, um órgão em forma de caracol que transforma as vibrações em sinais nervosos. 

Os sons externos são percebidos por nós como um bipe ou um rádio, por meio das ondas sonoras que passam pelo ar para nossos canais auditivos, para o ouvido interno e para a cóclea. 

Mas quando nossa voz é reproduzida por um alto-falante, ouvimos vibrações conduzidas pelo ar. 

E é bastante diferente do som que vem de nossas próprias cordas vocais. 

Quando falamos, o que ouvimos é percebido da mesma maneira que o ruído externo, mas também captamos vibrações que passaram pelo osso e crânio da mandíbula. 

Essa condição é conhecida como condução óssea inercial e também altera a qualidade do som que você ouve. 

A condução óssea traz as vibrações de baixa frequência, fazendo com que sua voz pareça mais profunda e menos estridente do que realmente é. 

E é preciso saber, sendo bom ou ruim, que o som que se ouve quando você reproduz uma gravação de sua voz  é  realmente  como sua voz é, e como as outras pessoas a escutam.

Uma boa dica para você deixar de odiar tanto sua voz gravada é se acostumar com o som.

Ouça as mensagens gravadas no seu celular até aquilo se tornar natural para você.

Em pouco tempo, você não se assustará mais com sua própria voz.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO