Poda correta: veja algumas dicas profissionais para manter suas roseiras saudáveis e floridas

Imagem: Depositphotos

Dicas profissionais baseadas na experiência de especialistas para o cuidado de roseiras, visando prevenir danos às plantas.

Se você gosta de rosas em seu jardim, deve saber que elas precisam de cuidados adequados para crescer saudáveis e floridas.

Mas cuidar de roseiras é uma tarefa desafiadora devido às suas exigências especiais, pois são tratadas como a “rainha das flores”.

Com atenção e cuidados específicos, é possível entender e satisfazer as necessidades dessas plantas.

Para alcançar isso, é necessário praticar a poda, removendo as partes prejudicadas para promover o crescimento de novos brotos.

Porém, podar roseiras sem causar danos, identificar as ferramentas adequadas e escolher o momento ideal são questões comuns entre os jardineiros ao realizar esse trabalho.

Aqui estão algumas dicas profissionais para o cuidado das roseiras, baseadas na experiência e conhecimento de especialistas, visando evitar danos às plantas.

Momento adequado

Escolha o momento adequado para podar suas roseiras, geralmente uma vez por ano, evitando geadas e antes do início dos brotos. 

Considere o tipo de roseira, como trepadeiras ou de verão, que podem exigir podas específicas após a floração.

Identifique o tipo de rosa, agrupando as roseiras em categorias como silvestres, velhas, modernas e especiais, cada uma com características distintas.

Consulte recursos especializados para determinar o tipo de roseira e aprender a podá-la com cuidado, garantindo a saúde e a floração anual.

Ferramentas adequadas

Utilize as ferramentas adequadas para podar roseiras, assegurando cortes limpos e prevenindo danos à planta e infecções.

Essenciais são tesouras de poda afiadas e higienizadas, luvas robustas para proteção contra espinhos e uma pequena serra para galhos mais espessos.

Escolha tesouras específicas, como as bypass para ramos finos e as de bigorna para galhos grossos.

Facilite a tarefa com acessórios como escada ou andaime para alcançar áreas altas, ancinho ou vassoura para a limpeza dos resíduos e saco ou carrinho de mão para transporte.

Técnica correta

Para uma poda adequada de roseiras, siga uma técnica correta. 

Remova partes mortas, doentes ou danificadas, como galhos secos, e modele os galhos saudáveis para promover o desenvolvimento.

Faça cortes oblíquos em direção a uma gema externa para estimular o crescimento externo e evitar emaranhados.

Marque os galhos a serem cortados, utilize um pano úmido entre cortes para prevenir doenças e evite podar roseiras molhadas para prevenir fungos.

Evite podar em dias ventosos para melhor controle e não faça podas excessivas durante a floração, pois pode reduzir a produção de flores e afetar a estética.

Evite podar sem motivo, pois pode perturbar o equilíbrio natural da planta.

Respeite o tamanho

Ao podar roseiras, respeite o tamanho e formato, considerando as peculiaridades de cada tipo.

Trate com maior cuidado rosas em miniatura ou em vasos, em comparação com rosas arbustivas ou trepadeiras mais resistentes.

Leve em conta o efeito desejado, podando para obter uma roseira compacta e espessa ou alta e esguia.

Priorize um aspecto equilibrado e harmonioso, evitando áreas excessivamente vazias ou densas.

Cuide da roseira após a poda

Após a poda da roseira, cuide dela para auxiliar na recuperação e prevenir problemas.

Aplique um produto cicatrizante ou fungicida nos cortes, fertilize com um fertilizante rico em potássio e fósforo, regue regularmente sem inundar para manter a umidade e estimular novos brotos.

Proteja a planta de geadas ou altas temperaturas usando cobertura morta orgânica ou pano de sombra, conforme necessário.

Local ideal para o plantio

Para um bom desenvolvimento das roseiras, é essencial um solo permeável, arejado, profundo e não compactado.

Devido à sua natureza, as roseiras preferem não compartilhar espaço direto com outras plantas, pois as raízes destas podem prejudicar seu crescimento.

O local ideal é ensolarado, evitando excesso de calor, e as roseiras não toleram sombra permanente.

A necessidade de espaço ao redor favorece a secagem rápida das folhas após a chuva, prevenindo doenças fúngicas.

Cuidar de roseiras em vasos

Mesmo em uma varanda, é possível cultivar rosas com sucesso.

Escolhendo variedades adequadas e utilizando vasos cilíndricos com pelo menos 40 cm de altura, proporcionando o local certo ao sol, é possível desfrutar de uma floração exuberante.

Embora as roseiras tenham raízes profundas, algumas variedades se adaptam bem a vasos menores, permitindo uma experiência gratificante mesmo em espaços limitados.

Para evitar danos no inverno, é crucial proteger o torrão das roseiras do congelamento.

Em regiões mais frias, isso pode ser feito ao cobrir as roseiras em vasos com folhas, lã de madeira ou plástico com bolhas.

Alternativamente, é possível transferir as plantas para locais frescos, livres de geadas durante o inverno.

Variedades de roseiras com tronco mais comprido têm melhor resistência a baixas temperaturas e podem permanecer ao ar livre, embora seja aconselhável proteger tronco e copa com malhas como a de juta.

Água e nutrientes

Para que as roseiras atinjam toda a sua beleza, é crucial fornecer os nutrientes adequados e uma rega apropriada durante o período de crescimento. 

Recomenda-se regar generosamente durante períodos de seca, assegurando que a umidade alcance as camadas mais profundas do solo para promover o crescimento de raízes fortes. 

Dada a energia consumida durante a formação das flores, é aconselhável realizar uma fertilização regular para compensar a extração de nutrientes do solo, tornando as roseiras mais resistentes a doenças e pragas. 

Especialmente para roseiras em vasos, devido à limitada reserva de nutrientes, existem fertilizantes líquidos disponíveis na gama de produtos. 

Para roseiras no jardim, um fertilizante de longa duração pode ser aplicado, liberando nutrientes ao longo de até 6 meses, incluindo uma opção orgânica com lã de ovelha adequada para agricultura biológica.

Leia também: