Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Pílula anticoncepcional aumenta risco de câncer de colo do útero

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Um estudo publicado na revista médica britânica “The Lancet” revela que a pílula anticoncepcional aumenta o risco de desenvolvimento de câncer de colo do útero, e essa ameaça diminui quando as mulheres deixam de tomá-la.

De acordo com a análise, o risco é maior se as mulheres tomarem a pílula durante um longo período de tempo.


Mas se as mulheres deixarem de tomar o anticoncepcional durante dez anos, o risco é igual ao apresentado por uma pessoa que nunca tomou pílula.

Estudos anteriores chegaram a vincular a pílula anticoncepcional a um maior risco de câncer de mama, mas indicavam que a ameaça era menor nos casos de câncer de ovário e de colo do útero.

Os especialistas pesquisaram 52 mil mulheres que tinham participado de 24 estudos em todo o mundo.

Esta não é a primeira vez que especialistas encontram uma relação entre anticoncepcional e o câncer de colo do útero, mas até agora não tinha ficado claro esse vínculo com um período de tempo.

Segundo o estudo, no caso do Reino Unido, o risco de uma mulher que nunca tomou a pílula anticoncepcional desenvolver câncer de colo do útero é de 3,8 em cada mil, mas esse número sobe para quatro entre aquelas que tomaram o medicamento por cinco anos e para 4,5 entre mulheres que a ingeriram ao longo de uma década.

Nossa opinião: a camisinha é a forma mais segura de prevenção. Mas, se houver rejeição, infelizmente a pílula tem de ser usada. E você, o que acha? Dê sua opinião!

Fonte:http://g1.globo.com/noticias/ciencia/0,,mul175974-5603,00-pilula+anticoncepcional+aumenta+risco+de+cancer+de+colo+do+utero+diz+estudo.html