- PUBLICIDADE -

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Pele negra: rotina de cuidados para mantê-la iluminada e saudável

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Assim como qualquer outro tipo de pele, a negra também necessita de cuidados diários essenciais.

Quem tem pele negra sabe que é necessário se atentar a alguns detalhes na rotina de cuidados para mantê-la saudável e radiante.

Esse tipo de pele  possui altos níveis de melanina, que é a proteína que atua como protetora natural.

A produção de glândulas sudoríparas também é maior, o que faz aumentar a oleosidade e o desenvolvimento de acne. 

Outro problema provocado pelo excesso de oleosidade é a foliculite, um tipo de infecção causada por fungo, bactéria ou vírus.

Além disso, até mesmo uma inflamação na raiz do pelo após a depilação, atrito causado por roupas apertadas ou lesão ao se barbear pode causar a foliculite.

Este problema pode ser reconhecido por pequenas espinhas de pontas brancas em torno de um ou mais folículos pilosos.

[SIGA O CANAL DO CURA PELA NATUREZA NO TELEGRAM

Além disso, a pele negra tem mais colágeno, sendo, portanto, mais elástica e resistente aos sinais da idade, como rugas e linhas de expressão.

Entretanto, devido à maior quantidade de melanina, a pele negra é mais propensa a sofrer com melasma e demais manchas.

Estas, por sua vez, podem se agravar com a exposição solar sem a proteção adequada.

Por isso, para manter sua pele perfeita e livre das imperfeições, é necessário seguir algumas dicas básicas de cuidados diários.

Como as que ensinaremos a seguir.

Fazer uma limpeza de pele diária

Por ser mais oleosa, a pele negra precisa de uma rotina regrada de limpeza.

Além disso, é necessário utilizar produtos específicos que controlem a oleosidade.

Desse modo, seu rosto estará sempre seco, prevenindo a formação de espinhas, acne e cravos.

Use filtro solar 

A pele negra também necessita de filtro solar diariamente, até mesmo em dias de chuva.

Além disso, a luz visível, como telas de computadores e celulares, também prejudicam a pele. 

Esfoliar o corpo para evitar a foliculite

Faça uma esfoliação de duas a três vezes na semana para evitar a foliculite após a depilação.

Esfolie principalmente as áreas mais acometidas, como pernas, virilhas e axilas.

Aposte na vitamina C

A vitamina C é um excelente antioxidante que ajuda a combater a ação dos radicais livres sobre as células.

Além disso, auxilia no clareamento da pele, deixando-a refinada, iluminada, suave e uniforme.

Consulte regularmente um dermatologista

Quem tem pele negra também precisa consultar um dermatologista regularmente.

Isso porque esse tipo de pele é propenso a manchas como melasma

Por isso a necessidade de fazer um acompanhamento junto a um profissional para evitar o surgimento desses problemas.

Esfoliação caseira para pele negra

Este tratamento caseiro para pele negra tem como objetivo ajudar pessoas que sofrem com acne e pele oleosa.

Ingredientes:

  • 3 colheres (chá) de mel
  • 1 colher (chá) de fubá

Como fazer:

Misture bem os dois ingredientes e aplique no rosto fazendo movimentos circulares de maneira suave.

Deixe agir por meia hora e depois lave com água fria, você sentirá a sua pele com um aspecto mais limpo e também macia.

Cuidados: não aplique na região dos olhos, pois é mais sensível.

Você pode aplicar somente o mel puro para hidratar.

Faça essa esfoliação duas a três vezes na semana.

O mel possui propriedades hidratantes, calmantes e antissépticas, ajudando a diminuir as inflamações. 

Já o fubá auxilia na limpeza da pele, pois faz a esfoliação sem machucar a pele, remove as células mortas, melhorando a aparência.

Mais Lidas