- PUBLICIDADE -

Error: Embedded data could not be displayed.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Os efeitos que uma tempestade solar pode causar na sua saúde – uma ameaça que está cada vez maior!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Vamos falar de tempestade solar.

E o que isso tem a ver com um site sobre saúde?

Calma, a gente já vai chegar lá!

Tempestade solar é um fenômeno natural comum, mas que se torna mais intenso em períodos que o sol está em alta atividade.

E é o que está acontecendo nos últimos anos.

O fenômeno  ocorre quando a Coroa, o nome da camada mais externa do Sol, se expande e cria ventos solares.

Quando explosões de grandes proporções acontecem nessa área, partículas solares são liberadas.

A magnetosfera, para a felicidade do planeta Terra, impede que essas partículas solares cheguem até nós.

Mesmo assim, sofremos com os prejuízos, pois o fenômeno danifica aparelhos eletrônicos, interrompe os sinais de internet, telefone, salélite, TV e afeta até a eletricidade.

Apesar de estar ocorrendo com mais frequência, devemos levar em consideração que a tempestade solar sempre esteve presente na história.

Infelizmente, não é possível saber exatamente quando esse fenômeno acontece, mas dá para ter ideia do tempo que ele vai durar.

Para isso, os astrônomos precisam saber a magnitude, temperatura ambiente e a pressão atmosférica.

As pessoas mais sensíveis, durante a ação de uma tempestade solar, se sentem mais nervosas, ansiosas, com dores na cabeça e até desenvolvem algumas doenças.

Tudo como se fosse um efeito colateral.

Acredita-se que uma tempestade solar de grande magnitude pode ocorrer até o ano de 2020.

Talvez você nunca tenha ouvido falar neste assunto, mas saiba que tempestades solares são é a causa das auroras boreais – tão visíveis na Noruega e Finlândia -, famoso espetáculo de luz e cor que encanta a todos.

Quem já teve a oportunidade de ver de pertinho sabe como é tudo muito fantástico!

A tempestade que está para ocorrer em 2020 é de grande escala, mas a mais poderosa que aconteceu foi há mais de 150 anos, em setembro de 1859, e foi batizada de Evento Carrington, em homenagem ao astrônomo Richard Carrington.

Na época, estações telegráficas pegaram fogo e as redes sofreram grandes interrupções.

Um estudo de 2008 da Academia Nacional de Ciências dos EUA afirma que, se um evento parecido ocorrer hoje, o impacto econômico seria de dois trilhões de dólares.

Outro evento importante foi o colapso da rede elétrica da província canadense de Quebec, em março de 1989.

Consequência de uma tempestade solar, o defeito num transformador provocou um apagão que durou mais de nove horas e prejudicou mais de seis milhões de pessoas.

Em maio de 1967, período da Guerra Fria, as comunicações militares dos EUA foram interrompidas, num episódio que chegou a ser interpretado como um “ato malicioso”, que exigia resposta militar à altura.

Por sorte, a Força Aérea americana já tinha um programa que monitorava o “clima espacial” e avisou a tempo que a interrupção tinha sido causada, na verdade, por uma tempestade solar.

Que alívio, não é mesmo?