Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

O que a mulher deve comer durante a amamentação e o que ela não deve

Seguir uma dieta saudável é um hábito recomendado para todas as pessoas, em qualquer fase da vida.

Mas as mulheres, durante a amamentação, precisam tomar cuidados especiais.

Sabemos que a amamentação é um ato de amor e de saúde aos bebês.

O leite materno contém proteína, probióticos, vitaminas, minerais, água e gordura.

Todos os nutrientes que a criança necessita para seu crescimento e desenvolvimento até os seis meses de idade.

Além disso, no leite materno há componentes imunológicos que protegem a criança de inúmeras doenças como asma, alergias alimentares, rinite, bronquite, entre tantas outras.

Além de beneficiar o bebê, a amamentação também beneficia a mãe.

Seu útero volta ao tamanho normal mais rapidamente, além de apresentar menos chances de desenvolver anemia, hemorragias, câncer de mama e de ovário no pós-parto

A mamãe também estará menos propensa a sofrer com osteoporose e voltará ao peso normal muito mais rapidamente.

Mas muitas pessoas ainda não sabem que as mulheres que estão amamentando precisam de mais calorias (cerca de 450 a 500 calorias extras por dia) e é importante seguir uma dieta adequadamente nutritiva durante esse período.  

Nutrientes específicos, como ferro, cálcio, potássio e vitaminas A e D, são particularmente benéficos na amamentação.

Comer uma boa variedade de alimentos também é essencial, pois isso ajudará o bebê a aceitar uma maior diversidade de alimentos sólidos no futuro.

Veja aqui os alimentos recomendados pelos especialistas durante a amamentação:

1. Frutas

As frutas são uma fonte rica de muitos nutrientes, potássio e vitamina A.

Elas também podem ajudar a aliviar a constipação, que algumas mulheres experimentam após o parto.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) recomenda a ingestão de cerca de 2 xícaras de frutas variadas por dia como melão, banana, manga, damasco, ameixa seca, laranja.

2. Legumes e verduras

Mulheres que estão amamentando, exclusivamente, devem comer três xícaras de legumes e verduras por dia, como espinafre, couve, cenoura, batata-doce, abóbora, tomate, chuchu e quiabo.
 
Esses vegetais são ricos em vitaminas e antioxidantes.

Seu consumo ajudará o corpo a repor os nutrientes necessários para produzir leite.

3. Grãos

Os grãos oferecem nutrientes vitais, especialmente os integrais, como aveia e arroz integral.

Alguns deles, como a quinoa, também são ricos em proteína, que é um nutriente essencial para quem está amamentando.  

4. Proteína

Os especialistas recomendam incluir algum tipo de proteína em cada refeição como feijão, ervilha, nozes, sementes, carne magra, salmão selvagem, bacalau, sardinha e truta.

Os frutos do mar são ricos em ácidos graxos ômega-3, que podem apoiar o desenvolvimento saudável do cérebro do bebê.

Atenção!

Mamães que estão amamentando devem evitar outros peixes, como o atum, o espadarte, o tubarão e o carapau, muito contaminados por mercúrio.

5. Cálcio e vitamina D

Tanto a gravidez quanto a amamentação podem liberar cálcio dos ossos.

Isso pode provocar um risco maior para osteoporose.

O iogurte e queijos naturais são excelentes fontes de cálcio e vitamina D.

Quem não come laticínios pode obter cálcio de folhas verdes escuras, feijões e suco de laranja fortificado.

A Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos recomenda que as pessoas que estão amamentando consumam 1.000 miligramas (mg) de cálcio por dia.

Vale lembrar que o sol é uma fonte primária de vitamina D, mas o consumo de cogumelos e peixes oleosos pode aumentar a ingestão.

Atenção!

Os suplementos não podem substituir uma dieta saudável.

Mulheres que estão amamentando devem falar com seu médico antes de tomar qualquer suplemento à base de plantas ou dietético.

Quem tem restrição alimentar ou segue um estilo de vida vegano ou vegetariano também deve estar atento a certas vitaminas e minerais que podem estar ausentes na sua dieta.

Dicas importantes

É crucial beber muita água, especialmente nas primeiras semanas após o parto.

A necessidade de líquido também aumenta durante a amamentação. Cuidado: não beber líquidos suficientes pode levar à desidratação e pode até afetar o suprimento de leite.

Preste atenção ao consumo de café.

A cafeína pode alterar o sono do bebê.

Alguns especialistas não recomendam o consumo de repolho, porque pode aumentar a produção de gases.

Atenção também ao álcool.

O ideal é parar de consumir bebida alcoólica.

Mas, se beber, a mãe deve esperar pelo menos duas horas para amamentar.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO