Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

O prato de madeira do avô – uma história que vai fazer você refletir sobre sua vida!

Vamos lhe contar uma história muito especial.

É sobre um homem que, já na velhice, foi morar com o filho, a nora e o neto de 4 anos.

Esse senhor já não tinha tanta saúde como antes: a visão estava turva, as mãos trêmulas e os passos pouco firmes.

Durante as principais refeições, toda a família se reunia à mesa.

O problema é que o velhinho sempre deixava cair alguma coisa.

Um dia, deixou cair a colher e, quando foi pegar o copo, derramou o leite sobre a toalha da mesa.

Além disso, fazia um barulho horrível enquanto mastigava a comida.

Seu filho, já bastante cansado daquela situação, conversou com a esposa e ambos resolveram que, a partir daquele dia, o senhor não iria mais comer à mesa com o resto da família.

Tomada essa decisão, logo arrumaram uma mesinha e colocaram num canto da sala de jantar.

E, como o velhinho também já havia quebrado dois pratos, fizeram uma placa de madeira para ele comer sobre ela.

E assim foi.

Todos os dias, aquele senhor comia sozinho no canto da sala, com seu prato de madeira improvisado.

Quem o visse poderia perceber que ele deixava cair algumas lágrimas, pois se sentia só.

No entanto, isso não comovia o casal.

Na verdade, as únicas palavras que o filho e a nora diziam para o velho eram reclamações quando o pobre deixava algum pano cair no chão.

Certa noite, antes do jantar, o netinho estava brincando com alguns pedaços de madeira.

O pai dele achou graça e perguntou o que ele estava fazendo.

O menino respondeu tranquilamente: “Ah! Eu estou fazendo um prato de madeira para o senhor e para a mamãe. Quando eu crescer, vocês vão comer nele”.

E assim, o garoto continuou a tarefa.

O pai sentiu todo o impacto daquelas palavras e acabou se emocionando.

Quando o jantar ficou pronto, o homem foi até seu velho pai e o levou à mesa da família.

Não só isso, como também lhe entregou um prato igual ao de todo mundo.

De repente, nem o marido nem a esposa se irritaram mais quando o garfo, o leite ou a toalha que caíam no chão.

Essa é a história que achamos interessante contar para você.

Sabe, as crianças são muito espertas: observam tudo, processam o que veem e depois repetem.

Por isso a família precisa tomar muito cuidado para ser um bom exemplo.

Sejamos sábios e conscientes da grande responsabilidade que é formar nossos filhos para o mundo.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

VEJA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO