Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

O pódio das frutas

As mais energéticas: açaí (495 kcal em 1 tigela pequena), abacate (235 kcal em 1/2 unidade), caqui (90 kcal por unidade) e figo (90 kcal por 3 unidades)
As menos energéticas: melão (20 kcal em 1 fatia) e pêssego (25 kcal em 1 unidade)
As mais ricas em fibras: açaí (35 g em uma tigela pequena) e goiaba (10 g em 1 unidade)
As mais ricas em carotenoides: manga (3600 mcg em 1 unidade) e caqui (1800 mcg em 1 unidade)
As mais ricas em vitamina E: abacate (230 mg em 1/2 unidade) e açaí (90 mg em 1 tigela pequena)
As mais ricas em potássio: banana (350 mg em 1 unidade) e uva (296 mg em 1 xícara)
As mais ricas em vitamina C: goiaba (370 mg em 1 unidade) e morango (110 mg em 1 xícara)

As mais ricas em cálcio: açaí (236 mg em 1 tigela pequena) e tangerina (40 mg em 1 unidade)
As mais ricas em magnésio: abacate (100 mg em 1/2 unidade) e banana (30 mg em 1 unidade)
As mais ricas em ferro: açaí (25 mg em 1 tigela pequena) e amora (5 mg em 1 copo médio)
Frutas para esportistas
Os esportistas estão sujeitos a algumas condições que podem ser prevenidas e aliviadas com as frutas
Anemia: açaí, amora e carambola
Artrite: abacaxi, ameixa e maçã
Cãibras musculares: banana, laranja e melão
Diarreia: maçã sem casca e banana-maçã
Digestão pesada: combinar as refeições pesadas com abacaxi
Prisão de ventre: maçã com casca, ameixa e figo
Fadiga: banana, uva e figo
Retenção de líquidos: a maioria das frutas, por possuir potássio, pode provocar maior perda de líquido
Baixar o colesterol: maçã, pêra, abacaxi e pêssego
Ameixa: tônico antiestresse
Contém alta quantidade de fibra, que estimula o movimento intestinal e favorece a evacuação. Dependendo da coloração da fruta, a quantidade de vitaminas pode variar: as claras são as mais doces e ricas em carotenos, e as com coloração escura contêm mais ferro. Sua riqueza em vitaminas B e C torna essa fruta uma aliada contra o estresse. O suco de ameixa alivia a gota, o reumatismo, a artrite e problemas articulares.
Damasco, a fruta da pele
Tem alto teor de caroteno (pró-vitamina A), vitamina que previne o câncer, regenera os tecidos e favorece o bronzeado. É rica em ferro, magnésio, potássio, zinco e vitaminas B1, B2 e C. Um verdadeiro coquetel contra a fadiga. E só tem 47 kcal.
Figo, para os ossos
Tem cálcio, por isso é recomendado para esportistas e ajuda a prevenir a osteoporose. Contém benzaldeído, um agente anticancerígeno, flavonoides e uma enzima chamada ficina, que ajuda a digestão das proteínas. Além disso, possui ferro, potássio e fibra. As avós utilizavam o látex branco (líquido que sai da planta ao ser cortada) para eliminar as verrugas. Na Ásia, o figo é considerado um afrodisíaco natural.
Maçã, o presente à saúde
Ela é rica em fibra solúvel, regula o colesterol, protege o coração e equilibra a função intestinal, tanto no caso de diarreia como de prisão de ventre. Contém vitamina C, potássio e é hidratante.
Banana, a barrinha energética 
É o alimento dos campeões. Uma comida rápida, ideal para recarregar as energias. Quanto menos maduras, mais ricas em amido. A banana previne as cãibras musculares por sua riqueza em potássio. Também tem magnésio e vitamina B6, vital para levantar seu ânimo e ajudar no metabolismo do corpo.

Melão, o diurético mais natural
É típico das frutas de verão. Rico em potássio (diurético), betacaroteno, vitaminas e tem poucas calorias. Quanto mais amarelo o melão, maior é a quantidade de carotenos – responsáveis pelo cuidado da pele, melhorando também o bronzeado. É considerado uma fruta anticoagulante e um aliado na prevenção de trombose e enfartes.
Pêssego, a fruta saborosa
Rico em vitamina C e potássio. Regula o intestino, pois é rico em fibras. Tem baixo teor calórico.
Açaí, o pentacampeão
Esta frutinha amazônica, muito badalada entre os esportivas, sem dúvida nenhuma é pura energia. Rico em vitamina E, o açaí pode ser considerado um poderoso antioxidante. Além de ser rico em cálcio e ferro, que auxiliam na efetiva contração muscular. O alto teor de fibras pode ser ainda maior quando na tigela de açaí vai granola misturada.
Nectarina, o pêssego de pele suave
É uma fruta muito parecida com o pêssego. Contém provitamina A, vitamina B3, ácido fólico, potássio e fibra. Ajuda a regular o colesterol.
Pêra, para refrescar
A pêra é uma fruta que deve ser ingerida madura. É rica em pectina, fibra que regula o intestino, melhorando a flora intestinal; contém minerais como o selênio (antioxidante), zinco (aumenta a imunidade) e potássio (diurético e hipotensor). Para os esportistas, é uma fruta muito completa.
Abacaxi, para a digestão
A cozinha oriental combina pratos com carnes e abacaxi porque favorece a digestão das proteínas. Essa fruta tem uma enzima chamada bromelina. É rica em vitamina C.
Melancia, menos calorias
Se seus problemas são os quilinhos a mais, encha sua geladeira de melancia. Você vai poder comer quantos pedaços quiser, pois é a fruta que tem menos calorias (18 kcal/100 g). É rica em água, fibra, potássio (diurético), vitaminas A, B6 e C e magnésio.
Uva, limpa seu corpo das toxinas 
Uma das frutas que trazem mais benefícios para a saúde. É remineralizante, diurética, depurativa, energética. Contém taninos adstringentes, polifenóis, resveratrol (principalmente as uvas escuras) e substâncias com capacidade antitumoral. Uma alimentação rica em uvas garante boa saúde e limpa o organismo de toxinas.

—–

Leve o Cura pela Natureza para casa por apenas 8 reais.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO