Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

O perigo dos recipientes de plástico

Quem enfrenta o trânsito de uma cidade grande ou viaja de carro costuma carregar uma garrafinha PET de água para hidratar o corpo, principalmente em dias de calor.

No entanto, a boa intenção pode ter efeito contrário por falta de conhecimento.

Mas agora você vai ficar esclarecido e entender por que uma aparentemente inofensiva garrafinha de plástico pode representar uma forte ameaça à sua saúde.

O primeiro ponto a entender é que garrafas plásticas possuem substâncias química, como o bisfenol A.

Segundo a doutora Cristiane Kochi, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, o bisfenol A pode provocar distúrbio hormonal principalmente em grávidas e em bebês. 

Além disso, suas moléculas são bem instáveis, podendo migrar dos objetos para os alimentos com mudanças de temperatura.

Não podemos também, ignorar as suspeitas de que o bisfenol A, que além de cancerígeno, mexe negativamente na qualidade do esperma, o que prejudica a fertilidade.

E o que fazer para evitar essa ação negativa do bisfenol A?

O ideal seria ficar longe de produtos plásticos que contêm essa substância.

Mas, para não ser tão radical, você pode minimizar os riscos dessa substância da seguinte forma:

– não coloque comida quente (principalmente com gordura) em recipientes plásticos;

– Não coloque embalagens plásticas com água, sorvete e outros alimentos no congelador;

– Não tome chá ou cafezinho em copo plástico.

Além dessas recomendações, se você tem filhos recém-nascidos, observe se a chupeta e mamadeira dele são livres de bisfenol A, o que é geralmente informado na embalagem.

Aqui no Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proíbe a comercialização de chupetas e mamadeiras de plástico com essa substância.

Mas os leitores de outros países devem ficar atentos.

Alguns fabricantes já estão oferecendo vasilhas e garrafas livres de bisfenol A.

Essa informação consta no rótulo normalmente com a frase “livre de BPA/ BPA free”.

E o pessoal de academia que leva sua própria garrafinha ou squeeze de plástico deve procurar no comércio garrafas ou squeezes “BPA free”.

Agora outra informação importante: colocar o alimento/bebida num recipiente de plástico no congelador é ruim, mas menos perigoso do que colocar o alimento/bebida quente em vasilha ou garrafa de plástico.

Ah, que fique bem claro que não estamos dizendo que, se não seguirmos essas orientações, teremos câncer ou alguma disfunção hormonal – apenas estaremos aumentando o risco dessas doenças.

Não devemos, porém, viver com paranoia. 

Afinal, além da paranoia não ser saudável,  corremos o risco de pegar doenças desde o momento em que viemos ao mundo.

Mas é sempre bom ter o conhecimento necessário para cuidar melhor da saúde.

E é por isso que escrevemos este texto sobre os perigos das embalagens plásticas: para lhe dar uma informação que, com sabedoria, será  útil a você e a todos que desfrutam de seu convívio.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM