PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Natal e ano-novo: 5 dicas para fugir da depressão de fim de ano

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Nem todo mundo fica radiante nas festas de fim de ano. Pelo contrário, muita gente reclama da tristeza quando o Natal se aproxima.

Muitos fatores podem fazer com que as pessoas não se sintam animadas na época das festas de fim de ano, Natal e ano-novo.

Por exemplo, dificuldades financeiras, estresse, desentendimentos com familiares e amigos, saudade de quem não está mais por aqui…

Esses são alguns dos principais fatores que fazem da temporada de Natal e das festas de fim de ano um momento triste ao invés de alegre.

Além disso, este ano, temos o cenário da pandemia da covid-19.

Assim, muita gente não irá festejar o fim de ano como gostaria…

Por outro lado, afundar em energias negativas só fará o ano terminar de forma desanimadora.

E um novo ciclo já vai começar sem esperanças…

Mas o que fazer segundo especialistas?

Como driblar o desânimo na temporada das festas de fim de ano

Encarando as dificuldades financeiras

É um dos principais motivos que fazem das festas de fim de ano um momento a mais para preocupação e desalento.

Porém, se não é possível deixar a dificuldade para trás, de um momento para o outro, o conselho é permitir se alegrar.

Passar as festas junto com alguém querido é algo positivo para afastar o baixo-astral no Natal e no ano-novo.

Além disso, tenha em mente que dificuldades financeiras não têm relação com as festividades de final de ano.

Ou seja, os problemas de ordem econômica acontecem com todo mundo, pelo menos uma vez na vida, independentemente da época do ano.

Também, pense que problemas são passageiros e não devem nos atormentar em determinados momentos, como as festas de final de ano.

Além do mais, as pessoas queridas ao nosso redor não merecem uma companhia emburrada nas festividades, não é?

E, por fim, gaste o que puder.

Nada de presentes caros ou do que estiver fora da sua capacidade financeira atual.

Tenha certeza de que as pessoas que realmente consideram você entenderão a sua contenção de gastos nesse momento.

Longe das pessoas queridas no Natal

Realmente, não é agradável passar as festividades de fim de ano longe de quem amamos.

Ainda mais neste momento de distanciamento social, em que nem todo mundo poderá se reunir no Natal ou no ano-novo, como de costume.

Caso fique longe de alguém que lhe é muito importante, a tecnologia está aí!

Faça uma videochamada, por exemplo!

No entanto, se uma pessoa querida se foi, respeite o luto.

Por outro lado, não despreze a companhia de quem ainda está por aqui!

Conflitos em família

Ótimo momento para solucionar o que está mal resolvido com os nossos familiares, já que o Natal é uma época propícia para solucionar desentendimentos.

Procure os familiares com quem a relação está “estremecida”.

Ou então, se eles lhe procurarem, seja acolhedor.

Há conflitos realmente sérios.

Então, a reconciliação é um processo mais lento.

Lembre-se de que resolver os mal-entendidos não significa, necessariamente, que todo mundo vai se reunir no dia seguinte como se nada tivesse acontecido.

Mas tenha certeza de que dar, pelo menos, um passo para esclarecer as coisas com os familiares já tirará o “peso nas costas” de passar o Natal e o ano-novo brigado com a família.

Tente!

Solidão

Sem ninguém para festejar o fim de ano?

Neste caso, que tal entrar em contato com aquelas pessoas distantes?

Combinar um encontro na noite ou no dia de Natal ou ano-novo pode ser um antídoto para espantar a tristeza.

Não supervalorize as datas

Todos nós queremos festejar o fim de ano, de acordo com as regras sociais.

Ou seja, ficar muito animado, enfeitar a casa toda, comprar presentes, ter a casa repleta de pessoas.

Porém, não supervalorize momentos que são agradáveis, sim, mas que não são eternos.

Isso costuma trazer muitas frustrações que poderiam ser evitadas.

O importante é estar com o astral leve e a energia positiva o ano todo.

E não somente quando chegam as festas de Natal e de ano-novo.

Se algo, neste ano, não está do jeito que você imaginou ou gostaria, siga os conselhos.

No entanto, lembre-se de que as coisas não são perfeitas sempre.

E lidar bem com as frustrações e imprevistos nos fortalece e é um sinal de maturidade.

Boas festas!

Mais Lidas