PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Mulheres: 10 sinais de que seu corpo tem muito estrogênio

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O corpo das mulheres produz uma série de hormônios que são fundamentais para manter a saúde. O estrogênio e a progesterona estão entre os principais hormônios femininos.

Os hormônios estrogênio e progesterona começam a agir no corpo da mulher na adolescência, pois são produzidos pelos ovários.

Como as variações desses hormônios são constantes, elas podem provocar alterações consideráveis na vida das mulheres.

E o seu desequilíbrio pode causar muito desconforto, prejudicando a rotina e saúde de muitas mulheres.

Acompanhe a seguir dez sinais de excesso de estrogênio no corpo da mulher.

10 sinais de que seu corpo tem muito estrogênio

Alterações de humor

Altos níveis de estrogênio no corpo podem provocar mudanças repentinas de humor.

Nesse caso, não se refere às mudanças de humor que costumam ocorrer no período menstrual.

Essas alterações repentinas devido ao excesso de estrogênio podem afetar o ânimo e até mesmo causar depressão.

Além disso, elas ocorrem sem aviso prévio.

Aparecimento de veias varicosas

O excesso de estrogênio pode dilatar e enfraquecer os vasos sanguíneos, o que faz com que as veias tenham maior dificuldade de bombear o sangue para o coração.

Isso possibilita maior aparecimento de varizes.

Como a coagulação do sangue fica anormal, os braços e as pernas podem ficar adormecidos e inchados.

Além das varizes, isso pode causar problemas de saúde mais sérios, pela má circulação do sangue.

Fadiga

A fadiga excessiva também pode ser um sinal de muito estrogênio no corpo. Nesse caso, ocorre aquela sensação de cansaço constante e fadiga, que não passa nem mesmo após horas de sono.

Você já acorda muito cansada, e esse cansaço prejudica até mesmo a realização de tarefas diárias simples. Além disso, também pode ocorrer tensão muscular e taquicardia.

Dor de cabeça

É normal ter dor de cabeça quando se enfrenta uma rotina estressante.

Alguns dias antes do período menstrual, também é comum surgirem dores de cabeça, pois há um aumento nos níveis hormonais.

Mas ter enxaqueca severa e constantemente, quando não se trata de nenhuma outra doença associada, pode ser sinal de muito estrogênio no corpo.

Síndrome pré-menstrual

Os sintomas que surgem antes da chegada da menstruação, conhecidos como TPM, costumam gerar algum desconforto para as mulheres, como cólicas, fadiga e alterações de humor.

Contudo, quando esses sintomas são exagerados, e chegam a incapacitar para a rotina diária, é sinal que algo não vai bem.

E isso pode ser um sintoma do excesso de estrogênio no corpo.

Redução do apetite sexual

O aumento de estrogênio no corpo pode levar à perda do desejo sexual a níveis preocupantes.

Da mesma forma, a diminuição desses níveis para abaixo do normal também diminuem a libido por causa do ressecamento vaginal.  

Miomas

Miomas e cistos na mama podem ser sinais de muito estrogênio no corpo.

Os cistos na mama podem nem sempre ser cancerosos, mas, mesmo assim, provocam dor e inchaço, podendo ser identificados pelo toque.

Já no caso dos miomas, é importante fazer exames constantemente para identificar sua presença e se estão prejudicando a saúde.

Ciclo menstrual irregular

É normal que haja aumento de estrogênio alguns dias antes de menstruar.

Mas, quando o hormônio está alto, o tempo todo podem ocorrer irregularidades no ciclo menstrual.

Por isso, ficar sem menstruar mais de três meses sem estar grávida ou menstruar fora de época e com sangramento excessivo podem ser sinais de hormônios alterados.

Inchaço

Devido à retenção de líquidos causada pelo aumento dos níveis de estrogênio, o corpo pode ficar inchado.

Esse inchaço pode ser percebido principalmente no rosto, na barriga, nas pernas e nas mãos.

Aumento de peso

O aumento de peso pode ocorrer por diferentes motivos, entre eles a retenção de líquido provocada pelo aumento de estrogênio.

Mas também pode ocorrer pela compulsão alimentar provocada pela disfunção hormonal, que leva a perder o controle do apetite.

Portanto, ao identificar algum desses sintomas, não se esqueça de informar o seu médico, para que ele possa tratar o problema, pois disfunções hormonais podem ser bem prejudicais para a saúde feminina.

Mais Lidas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade.