Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Mulher desenvolve rara doença que faz com que não escute a voz de homens

Imagine acordar em uma bela manhã e perceber que não é mais capaz de ouvir nada do que os homens dizem.

Seria incrível e muito estranho, não é?
 
Pois foi exatamente isso o que aconteceu com Chen, uma moradora de Xiamen, uma cidade portuária na costa sudeste da China.

Ela sabia que algo estava errado quando acordou uma manhã e descobriu que não podia ouvir uma palavra do que seu namorado estava dizendo.

Nervosa – e confusa – entrou no Hospital da cidade para procurar uma especialista em ouvido, nariz e garganta.

Assustadoramente, ela ouviu perfeitamente o que a médica – mulher – lhe disse, mas não pôde escutar nenhuma palavra do que outro paciente – homem –  falou.
 
Os sintomas de Chen eram muito diferentes daqueles apresentados por quem sofre de perda auditiva.

Foi então que uma especialista no assunto a diagnosticou com perda auditiva de baixa frequência ou de inclinação invertida (ou RSLR), que faz com que ela só possa escutar sons em altas frequências.

De acordo com o Thigpen Hearing Center, muitas pessoas que passam por essa condição nem sabem que a tem.

A perda auditiva de baixa frequência ou de inclinação invertida (ou RSLR) é muito rara.

Segundo a reportagem, o problema afeta apenas um em cada 13 mil pacientes com problemas auditivos, e normalmente é difícil de se diagnosticar, porque há médicos que nem sabem que a condição existe.

A RSLR, segundo pesquisadores, pode estar relacionada à genética e ser desencadeada por várias doenças (por exemplo, doença de Ménière: distúrbio no ouvido interno que causa episódios de vertigem – tontura) e infecções virais.

Também pode ser causada por alterações na pressão do fluido no ouvido interno, endolinfa, que pode ser resultado de anestesia espinhal ou geral, hipertensão intracraniana e fístula perilinfática.

Segundo relatos, Chen teve zumbido no ouvido e vômitos na noite anterior e seus médicos atribuíram esse mal-estar ao estresse e falta de sono.
 
A boa notícia é que ela deve se recuperar totalmente da RSLR.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO