Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Morte de criança na Inglaterra alerta as mães sobre os riscos da mamadeira

Riscos da Mamadeira

Uma simples maneira de alimentar os bebês pode, muitas vezes, ser fatal.

Exemplo disso é o que aconteceu com o pequeno Alex, no Reino Unido.

Chloe Masters perdeu seu filho de quatro meses depois que ele  engasgou com o leite que escorria da mamadeira em sua boca.

Chloe estava sofrendo de fortes dores nas costas, e então ela deixou seu bebê com a madrinha, Claire, por apenas uma noite.

É mesmo difícil de acreditar, mas a perícia investigou as causas da morte dele.

E sim, o laudo confirmou: Alex morreu sufocado com o leite que saiu da mamadeira em que ele mamava.

Quando a história ganhou repercussão, a madrinha Claire foi questionada sobre a morte do bebê.

Ela inicialmente afirmou que tinha adormecido depois de dar uma garrafa de leite para Alex no sofá.

No entanto, na audiência, Claire disse que havia deixado Alex em sua cadeirinha, alimentando-o com uma garrafa de leite que estava apoiada em um cobertor.

Ela acordou 30 minutos depois e viu o bebê imóvel e com o cobertor sobre o rosto.

Alex foi levado às pressas para um hospital na Inglaterra e os exames acusaram que ele havia inalado leite em seus pulmões.

Para você entender melhor: a asfixia pode ocorrer quando o bebê adormece antes de terminar a garrafa.

Em vez de engolir, o bebê pode inalar o líquido, fazendo com que o leite entre na passagem errada.

No caso de Alex, o que aconteceu foi o seguinte: durante a noite, o pequeno estava com fome e Claire lhe deu uma mamadeira.

Porém, ela fez algo muito comum entre pais e cuidadores: em vez de segurar a mamadeira e dar ao bebê, ela a deixou apoiada na lateral da cadeirinha, e o pequeno mamou sozinho.

O bebê muitas vezes não consegue parar o fluxo de leite e os adultos podem não ver essa dificuldade, então ele acaba se engasgando.

É por isso que especialistas alertam às mães para que nunca, em nenhuma circunstância, deixe o bebê mamar sozinho.

Não vale a pena o risco.

A alimentação é uma oportunidade de se relacionar com o bebê, aproveite esse momento.

Fonte: BBC News

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

DEIXE SEU COMENTÁRIO