Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram

Menina de 4 anos quase perde a visão devido ao uso excessivo de celular

Mãe e criança que teve problema no olho com uso excessivo de celular

Uso excessivo de celular faz menina de 4 anos passar por cirurgia ocular  

Uma menina tailandesa de apenas 4 anos precisou fazer uma cirurgia ocular em consequência do uso exagerado de celular e tablet.  

E a razão é muito simples: o uso excessivo de telas por crianças pode provocar sintomas sérios, como:

Os dados são mesmo preocupantes.

Um levantamento promovido pelo Centro de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação mostra que 70% das crianças e jovens fazem uso da internet ao menos uma vez por dia.

No Brasil, de acordo com o CBO (Conselho Brasileiro de Oftalmologia), 20% das crianças em idade escolar apresentam algum problema de visão.
 
Lá na Tailândia, o pai Dachar Nuysticker Chuayduang aprendeu o quanto faz mal deixar uma criança ficar horas e horas seguidas olhando para uma tela de computador, tablet ou smartphone.
 
A filha dele  tinha esse costume desde os 2 anos de idade e acabou se viciando na tecnologia, até apresentar problemas oculares pelo uso excessivo de celular.
 
A menina desenvolveu ambliopia, problema conhecido com “olho preguiçoso”, e precisou passar por uma cirurgia reparadora.
    
Olho preguiçoso é o desvio ou o desalinhamento de um olho.

Isto é geralmente uma manifestação de ambliopia, em que um olho tem uma perda de visão significativa e por vezes também estrabismo (ou “olhos tortos”), um problema de desalinhamento geral.

Essa condição não pode ser corrigida com o uso de óculos.
 
É como se o cérebro não reconhecesse totalmente as imagens vistas pelo olho afetado.  

É importante dizer que as crianças são mais suscetíveis ao excesso do uso de telas, como celular, tablet e computador, por estarem em fase de formação.
 
Depois da cirurgia, a menina tailandesa agora pode usar os dois olhos simultaneamente.

Os médicos aconselharam Dachar a proibir o uso de telefones celulares e até mesmo assistir à televisão.
 
Dachar fez um post em suas redes sociais alertando outros pais sobre o que aconteceu com sua filha.
 
O indicado por especialistas é que as crianças tenham contato com telas de computadores ou telefones por duas horas diárias, no máximo.  

Para crianças entre 2 e 5 anos, o tempo recomendado é ainda menor, de apenas uma hora por dia.

Vale o alerta!

Fonte: Elite Readers

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

VEJA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO

PUBLICIDADE