PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Mel e nozes: remédio natural para regular a glândula tireoide

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Este remédio caseiro melhora a função da glândula tireoide, promovendo o seu  funcionamento correto.

A tireoide é uma glândula situada no pescoço, na região conhecida como pomo-de-adão ou, popularmente, gogó.

Ela tem o formato semelhante ao de uma borboleta e pesa entre 15 e 25 gramas. 

Essa glândula é a responsável pela produção dos hormônios T3 (tri-iodotironina) e T4 (tiroxina).

Quando a tireoide não funciona de forma adequada, pode ocasionar dois problemas:

  • Hipertiroidismo: a glândula tem uma hiperatividade e produz hormônios em excesso, aumentando assim a velocidade do metabolismo.
  • Hipotireoidismo: ocorre quando a glândula não funciona corretamente, produzindo menos hormônios do que o necessário para controle do metabolismo.

Essas alterações são mais comuns em jovens e adultos, podendo ocorrer também em qualquer etapa da vida.

Porém acomete com mais frequência as mulheres, devido às constantes alterações hormonais.

Além disso, nessas duas situações, pode ocorrer o aumento do volume da glândula, problema que afeta boa parte da população.

Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), 60% da população brasileira tem (ou terá) nódulos na tireoide em algum momento da vida. 

Porém, isso não significa que eles sejam malignos, afinal, somente 5% deles são cancerosos.

Causas de problemas na tireoide

As causas de problemas relacionados à tireoide são advindos de excesso de medicamentos, transtornos autoimunes e maus hábitos de vida, como:

  • Falta de atividades físicas
  • Estresse, preocupações e pressão constante
  • Dormir pouco (o recomendado é dormir de 7 a 8 horas por dia)
  • Consumo exagerado cafeína (chás, café, refrigerantes, energéticos e suplementos)
  • Ingestão baixa de iodo
  • Excesso de derivados de soja na alimentação
  • Tabagismo
  • Baixo consumo de gorduras saudáveis
  • Consumo excessivo de massas, bolachas, arroz branco, doces e açúcar branco

Como saber se estou com problema na tireoide?

O bom funcionamento da tireoide é essencial para diversas funções do corpo.

Quando existe alguma alteração na glândula e ocorrer o excesso de hormônios (hipertireoidismo), os sintomas apresentados são os seguintes:

  • Arritmia, taquicardia ou palpitações
  • Sensação de cansaço
  • Excesso de suor
  • Estresse, irritabilidade e ansiedade
  • Fraqueza muscular
  • Menstruação irregular
  • Diarreia
  • Aumento do apetite ou perda de peso
  • Tremores nas mãos
  • Pele quente e intolerância ao calor
  • Agitação e hiperatividade
  • Insônia
  • Inchaço nos olhos
  • Unhas quebradiças
  • Queda de cabelo
  • Aumento visível da glândula e/ou presença de nódulos na região

Já quando há a baixa produção de hormônios (hipotiroidismo), os sintomas perceptíveis são:

  • Ressecamento da pele
  • Dores articulares, fadiga e sonolência
  • Pálpebras caídas
  • Inchaço facial
  • Lentidão na fala
  • Prisão de ventre 
  • Queda de cabelo
  • Menstruação irregular
  • Sensação de frio principalmente nos pés e mãos
  • Ganho de peso
  • Retenção de líquido
  • Depressão e palidez
  • Batimentos cardíacos ficam mais lentos
  • Fragilidade nas unhas

Portanto, ao perceber sintomas como esses, procure imediatamente um médico para fazer um diagnóstico completo e iniciar o tratamento.

Além disso, você também pode mudar um pouco seu estilo de vida e fazer uma prevenção contra esses transtornos.

Por isso, conheça um remédio natural à base de mel e nozes para regular a glândula tireoide e evitar complicações futuras.

Benefícios do mel para a tireoide

O mel natural é rico em vitaminas, minerais, enzimas e antioxidantes, favorecendo a saúde geral do organismo.

Quando consumido de forma regular, ele ajuda a fornecer energia para o cérebro.

O mel também melhora as funções hepáticas.

Com um cérebro carregado de energia e o fígado fazendo suas funções de metabolização, conseguimos manter a glândula da tireoide regulada

Outro fator importante é que, quando a glândula fica muito exposta a toxinas, seu funcionamento pode sofrer alterações.

Porém, o mel ajuda a purificar o organismo, depurar os tecidos e eliminar toxinas.

Além disso, oferece vários nutrientes essenciais para o nosso corpo.

O mel também possui elevadas doses de ácidos graxos ômega 6, nutriente que ajuda a regular os processos hormonais do organismo.

Ele também é um excelente substituto saudável do açúcar em nosso dia a dia.

Afinal, possui açúcares naturais que são uma fonte importante de energia para as células, evitando recaídas devido à fadiga.

Benefícios das nozes para a tireoide

As nozes são ricas em selênio, um mineral essencial que auxilia no equilíbrio da tireoide e na metabolização de hormônios no organismo.

Quando os níveis de selênio no corpo estiverem muito baixos, poderá ocorrer uma deficiência de iodo, causando o hipotireoidismo.

Por isso, se você tem alguma inflamação na tireoide ou quer evitar esse problema, recomenda-se consumir de 15 a 30 gramas de nozes por dia.

Remédio de mel e nozes para a tireoide

Este remédio caseiro melhora a função da glândula tireoide, promovendo o seu  funcionamento correto.

Ingredientes:

Modo de preparo:

Retire a casca das nozes e corte-as em pedaços pequenos.

Em seguida, coloque esses pedaços de nozes dentro do vidro e encha com mel.

Tampe bem o pote e deixe a mistura curtir por uma semana em local seco, escuro e arejado.

Após sete dias, você pode começar a consumir.

Tome duas colheres (chá) todas as manhãs.

A medida equivale a 15 gramas de mel e três nozes inteiras.

Além disso, este remédio também deve ser consumido à noite.

Cuidados com a glândula tireoide

  • Faça exames e consultas médicas a cada seis meses para certificar-se de que sua glândula tireoide está em boas condições.
  • Elimine agrotóxicos, optando por frutas, verduras e legumes orgânicos. (Veja aqui como retirar agrotóxicos das frutas e verduras.)
  • Evite o uso de utensílios plásticos para armazenar e/ou esquentar alimentos no micro-ondas.
  •  Evite a automedicação, principalmente de medicamentos antiácidos, anti-inflamatórios, antibióticos e antidepressivos.
  • Tenha uma alimentação balanceada, ingerindo bastante micronutrientes como Vitamina D, Vitaminas do complexo B, vitamina C, selênio, zinco e iodo.

Fazendo esse tratamento simples e mantendo os cuidados necessários, você conseguirá melhorar a saúde da sua glândula tireoide.

Mais Lidas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade.