- PUBLICIDADE -

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Mel de limão com eucalipto: combate os sintomas da tosse

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Esta combinação contém nutrientes que ajudam a fortalecer o sistema imunológico e a combater os sintomas da tosse.

A tosse é um mecanismo de defesa do nosso corpo contra obstruções das vias aéreas.

As causas mais comuns são infecções por vírus ou bactérias, principalmente nos meses mais frios.

Mas também pode ser causada pela rinite, poluição, baixa umidade do ar, agentes químicos e cigarro.

Além do desconforto causado na região da garganta, se for contínua, pode provocar dor muscular na região dores no, tórax e até mesmo nas costas.

Existe também o incômodo social causado pela tosse, como em algum evento, aula, jantares e demais ocasiões.

A tosse pode ser classificada em duas fases, curta e longa duração.

Curta duração (aguda)

Este tipo de tosse permanece em média até três semanas e, geralmente, não é infecciosa.

Entre as causas mais comuns, estão: gripes, resfriados, asma e alergias.

Longa duração ou persistente

A tosse de longa duração permanece com o tempo.

Ela pode ser subaguda, que dura de três a oito semanas, ou crônica, permanecendo por mais de oito semanas.

[SIGA O CANAL DO CURA PELA NATUREZA NO TELEGRAM]

Nesses casos é fundamental consultar um médico, pois os sintomas de tosse longa podem sinalizar alguma doença.

Entre as mais comuns, estão: 

  • Asma: se manifesta junto ao chiado no peito e a falta de ar.
  • Rinite: geralmente a tosse é mais seca e acompanhada por coriza, espirros, nariz entupido e tem pouca secreção (catarro).
  • Sinusite: ocorre quando há secreção e os sintomas são mais fortes, principalmente no final do dia quando a pessoa se deita, pois a secreção desce nos seios da face.

Entretanto, a tosse de longa duração possui outras causas, essas menos comuns, tais como:

  • Pneumonia 
  • Tuberculose
  • Bronquite crônica
  • Laringite crônica
  • Refluxo laringofaríngeo
  • Tabagismo
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)

Embora seja fundamental o acompanhamento médico para identificar as causas e o tratamento, alguns remédios naturais podem ajudar a aliviar os sintomas.

Conheça agora o “mel de limão”, enriquecido com eucalipto e propolis para aliviar os sintomas da tosse.

Mel de limão com eucalipto

A combinação de mel com limão, enriquecido com eucalipto e propolis, contém vitaminas A , C e flavonoides.

Esses nutrientes ajudam a fortalecer o sistema imunológico, além de possuírem efeitos antioxidantes. 

Desse modo, atuam no combate aos radicais livres que atacam o organismo e reduzem o processo inflamatório.

Ingredientes:

  • ½ xícara de mel
  • 1 limão inteiro
  • 5 a 10 folhas de eucalipto
  • Extrato de própolis – opcional

Modo de preparo:

Lave bem o limão e cozinhe por dez minutos – não precisa cortar nem descascar, deve ser fervido inteiro.

Após esse tempo espere esfriar para não manipulá-lo quente, descarte a água e você terá um limão cozido.

Em seguida, corte o limão (cozido) ao meio e esprema o suco da metade.

Misture com o mel até ficar bem homogêneo – nesse processo você irá obter um “mel de limão”.

Na sequência, para enriquecer esse preparo, faça um chá de eucalipto por decocção.

Porém, se não encontrar as folhas de eucalipto, não tem problemas, pode consumir apenas o “mel de limão”.

Coloque as folhas numa panela, adicione uma xícara de água e ferva até reduzir pela metade.

Adoce a infusão com o “mel de limão” e, caso queira, acrescente algumas gotas de própolis.

Tome uma colher (chá) a cada hora de crise de tosse.

Importante: se os sintomas persistirem, consulte um médico, pois a tosse pode indicar complicações mais graves.

Benefícios do limão

O limão é uma fruta rica em vitamina C, que ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

Por ser rico em óleos essenciais, o limão também proporciona alívio da tosse, secreção, congestão no nariz e garganta.

Além disso, contém nutrientes como flavonoides, cálcio, magnésio e ácido cítrico e vitamina B6. 

Devido a esses nutrientes, a fruta possui propriedades antissépticas, anti-inflamatórias e antigripe.

Benefícios do mel

O mel tem ação antibacteriana, antiviral, anti-inflamatória, analgésica e é rico em vitaminas A e C.

Todas essas propriedades são fundamentais para aumentar os sistemas de defesa e prevenir ataques virais.

Segundo estudo da University of Oxford, no Reino Unido, o mel é extremamente eficaz para o alívio sintomático de infecções no trato respiratório.

Conforme os resultados, o mel ajuda a retardar a disseminação da resistência antimicrobiana.

Além disso, contém  aminoácidos essenciais que ajudam a eliminar o excesso de muco, congestão nasal e outros sintomas gripais.

Ele também é rico em dois minerais: potássio e magnésio, que ajudam a coibir a ação de microrganismos.

Inclusive, de acordo com as novas diretrizes publicadas Instituto Nacional de Excelência Clínica e de Saúde (NICE) da Grã-Bretanha, citado pelo The Times, os médicos não devem encaminhar pacientes com tosse para a farmácia, e sim, para a cozinha, para que tomem uma colher de mel.

Atenção: crianças menores de um ano não podem consumir mel, pois seu sistema imunológico ainda não as protege da bactéria Clostridium botulinum, que pode ser encontrada no mel.

Benefícios do eucalipto

O eucalipto contém como substâncias ativas os taninos, eucaliptol e citronelol.

Com isso, a planta tem ação expectorante, antisséptica,  anti-inflamatória, descongestionante e antimicrobiana. 

Devido a essas propriedades, ajuda na eliminação da secreção nasal e facilita a respiração. 

A planta também é antipirética, auxiliando no combate à tosse.

Além disso, o eucalipto também possui propriedades broncodilatadoras, que melhoram a respiração e agem como antisséptico das vias respiratórias.

De acordo com um estudo da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) Rio Grande do Norte, o eucalipto mostrou-se eficiente no tratamento de infecções respiratórias agudas (IRAS).

Além da tosse, a planta contribui para o tratamento dos seguintes problemas respiratórios:

  • Gripe
  • Resfriado
  • Asma
  • Inflamação na garganta
  • Pneumonia
  • Tuberculose
  • Rinite
  • Sinusite
  • Tuberculose
  • Nariz escorrendo
  • Gangrena pulmonar

Benefícios do própolis

O própolis tem propriedade antiviral, antibacteriana, antifúngica, antiprotozoária e antioxidante.

Desse modo, ajuda a prevenir e combater a tosse, gripe, resfriado e dor de garganta.

Além disso, fortalece o sistema imunológico, pois estimula a imunidade celular e destrói os corpos estranhos no organismo.

Mais Lidas