Médico cria receita de maçã cozida que restaura o intestino, a imunidade e ajuda na perda de peso

Imagem: Depositphotos

Essa receita simples pode alterar marcadores inflamatórios, beneficiando todo o corpo.

A alimentação é o “combustível” que o nosso corpo precisa para manter o bom funcionamento dos órgãos.

As frutas, como a maçã por exemplo, são alimentos essenciais para uma dieta saudável.

Até existe uma expressão que diz: “uma maçã por dia afasta o risco de ter de ir ao médico”.

E na verdade, essa fruta proporciona vários benefícios para a saúde, pois é rica em fibra dietética, polifenóis, antioxidantes, vitaminas B, C, E, cálcio, fósforo e potássio.

Listamos abaixo os principais e, na sequência, ensinamos uma receita elaborada pelo médico britânico Doutor Michael Ash.

Fortalece o sistema imunológico

Por ser rica em flavonóides e carotenóides, substâncias com ação antioxidante e anti-inflamatória, a maçã ajuda a aumentar a imunidade.

Além disso, a quercetina tem ação imunomoduladora, auxiliando na prevenção de doenças respiratórias, asma, bronquite e rinite.

Previne o diabetes

Segundo estudo da Universidade do Estado da Califórnia, os polifenóis da maçã protegem as células do pâncreas.

Dessa forma, evita que os radicais livres danifiquem as células e, consequentemente, melhora a função da insulina.

Assim, previne a resistência a esse hormônio, evitando o desenvolvimento do diabetes.

Equilibra a pressão arterial

O potássio, encontrado em abundância na maçã, é um mineral essencial para eliminar o excesso de sódio do organismo.

Esse processo é feito através da urina e, consequentemente, ocorre o equilíbrio da pressão arterial.

Além disso, por conter bastante antioxidantes, a fruta também melhora a saúde das artérias e a circulação sanguínea, prevenindo a hipertensão (pressão alta).

Reduz o colesterol ruim (LDL)

A pectina presente na maçã ajuda com que a absorção de gorduras seja reduzida.

Com isso, diminui e controla as taxas de colesterol ruim (LDL) no sangue.

Assim, o risco de doenças cardiovasculares, como aterosclerose, infarto e derrame são menores. 

Evita a prisão de ventre 

O alto teor de fibras da maçã ajuda a prevenir a prisão de ventre, também chamada de constipação intestinal.

A fruta também é fonte de pectina, uma fibra que age como prebiótico, melhorando o funcionamento do intestino.

Ainda, segundo estudo da Universidade de Tecnologia de Graz, na Áustria, a maçã contém probióticos que regulam a flora intestinal.

Melhora a gastrite e úlceras

A pectina ajuda na formação de um gel na mucosa estomacal, neutralizando os danos causados pelo excesso de ácido no estômago.

Dessa forma, contribui para o tratamento de gastrite e úlceras gástricas.

Além disso, as catequinas, carotenóides e outros compostos bioativos presentes na fruta tem ação antimicrobiana.

Assim, ajuda a combater a H. pylori, bactéria que provoca a gastrite, úlceras e câncer de estômago.

É purificadora

Por ser rica rica em potássio e ter baixo teor de sódio, a maçã tem ação purificadora, ajudando a eliminar as toxinas do organismo.

Além disso, também possui taninos e ácidos orgânicos que eliminam o excesso ácido úrico.

Assim, contribui para a prevenção e combate de doenças inflamatórias como a artrite e a gota.

Ajuda no emagrecimento

As fibras causam sensação de saciedade e, assim, diminui a vontade de comer fora de hora.

Com a fome reduzida, ocorre a perda de peso e o emagrecimento saudável.

Melhora a saúde cerebral

Devido às vitaminas B1, B2, C e fósforo, a maçã ajuda a melhorar o funcionamento do sistema nervoso.

Com isso, além de prevenir um AVC (acidente vascular cerebral) e Alzheimer, mantém o cérebro saudável.

Maçãs cozidas do doutor Michael Ash

Essa receita foi criada pelo médico britânico doutor Michael Ash, que é osteopata, naturopata, nutricionista, educador em medicina funcional e nutrição. 

Ele chama essa fórmula de “uma refeição perfeita para a tolerância da mucosa ou uma combinação de alimentos moduladores do sistema imunológico”.

De acordo com Ash, o consumo regular dessa receita pode ajudar a alterar os marcadores inflamatórios.

Com isso, a necessidade de medicamentos anti-inflamatórios é reduzida, melhora também a função gastrointestinal e contribui para a perda de peso.

Pelo fato da maçã conter pectina, uma fibra resistente, ela fermenta no cólon do intestino, servindo, assim, como alimento para as bactérias gastrointestinais boas.

Em troca, esses microrganismos produzem ácidos graxos de cadeia curta (SCFAs), que possuem inúmeros efeitos benéficos para o organismo.

Em um artigo escrito por ele, Doutor Michael Ash, é descrita de forma detalhada a eficácia de cada um dos ingredientes utilizados na receita para a saúde.

Receita de maçãs cozidas do doutor Michael Ash

Essa receita além de ser fácil de preparar, é absolutamente deliciosa.

Ingredientes:

  • 6 maçãs (metade se for dose individual)
  • ½ xícara de uvas passas (metade se for dose individual)
  • 2 colheres (sopa) de canela em pó (metade se for dose individual)
  • 1/3 xícara de água

Modo de preparo:

Primeiro higienize as maçãs para remover o máximo possível dos agrotóxicos presentes na fruta; veja como:

Depois, corte-as em fatias finas – mantenha a casca, por isso é necessário lavá-las bem -, e retire as sementes.

Coloque em uma panela grande, adicione a uva passa, a canela, a água e cozinhe em fogo médio por 15 a 20 minutos, até que as maçãs estejam macias.

Transfira para uma tigela ou, se preferir, divida em tigelas de sobremesa menores e leve à geladeira.

Você pode consumir do jeito que está, sem adicionar nada ou, se quiser, acrescente um acompanhamento, como, por exemplo:

  • Iogurte natural;
  • Mirtilos ou qualquer outra fruta vermelha
  • Nozes

Esta receita pode ser conservada por três ou quatro dias na geladeira.

Benefícios da uva passa

  • Regula o intestino;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Melhora a saúde cardíaca;
  • Regula o peso;
  • Regula a acidez;
  • Age contra infecções;
  • Melhora a saúde dos dentes;
  • Fortalece os ossos e o sistema nervoso.

Benefícios da canela

  • É fonte de minerais e compostos bioativos;
  • Auxilia na perda de peso;
  • Alivia distúrbios gastrointestinais;
  • Ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue;
  • Melhora a saúde do coração;
  • Auxilia no tratamento de artrite;
  • Tem possíveis efeitos sobre o Alzheimer.

Aprenda a fazer também: