PUBLICIDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Magnésio: 7 sinais de deficiência e o que comer para evitar a falta

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Conheça sete sinais que indicam que o seu corpo está com níveis baixos de magnésio e saiba o que comer para adquirir mais desse mineral indispensável.

O magnésio é um dos mais importantes minerais presentes no corpo humano.

Muito se fala do cálcio no que diz respeito à manutenção da saúde dos ossos, mas o magnésio é um dos principais componentes dessa e de outras áreas do nosso organismo.

Além de atuar na manutenção da densidade óssea, sendo importante para a prevenção de doenças como a osteoporose, o magnésio é também um dos nutrientes responsáveis pela metabolização correta da glicose e da produção de energia no nosso corpo.

Mas não para nisso: o magnésio participa de mais de 300 funções do organismo!

E é pela importância desse mineral que trouxemos esse artigo em que mostraremos sete sinais da falta de magnésio no corpo, além de apresentar uma lista de alimentos que você deverá incluir na sua dieta para aumentar os níveis desse importante mineral no seu organismo.

7 sinais de deficiência de magnésio

Os baixos níveis de magnésio são mais comuns em idosos, gestantes, diabéticos, portadores de doenças na tireoide, pessoas que consomem omeprazol e portadores de doenças inflamatórias, como a doença celíaca.

Cãibras e dores musculares

A falta de minerais como magnésio e cálcio provocam dores, espasmos e as incômodas cãibras nos músculos, porque eles atuam na sustentação das fibras musculares.

Logo, com baixos níveis desses nutrientes, a correta atividade muscular não é possível, ocasionando dor e tremores, até mesmo na execução de movimentos simples.

Osteoporose e osteopenia

Essas duas enfermidades possuem ligação direta com os baixos níveis de magnésio no organismo porque, como dissemos, esse mineral atua na manutenção da densidade óssea.

E tanto a osteoporose quanto a osteopenia são condições em que se pode observar uma perda de densidade óssea na vítima.

Sem a quantidade correta de magnésio e de outros nutrientes como vitamina D e cálcio, a recomposição não é possível, deixando o indivíduo com os ossos frágeis.

Fraqueza muscular e fadiga em excesso

Esses dois sintomas podem ser observados em outras doenças ou podem aparecer de forma natural, devido ao esforço físico diário.

Porém, sentir-se “fraco” e sempre cansado não é normal.

Acredita-se que os baixos níveis de magnésio provocam também uma queda nos níveis de potássio, o que por sua vez piora a disposição e a resistência muscular.

Portanto, não é demais visitar um médico para realizar exames e averiguar os motivos do cansaço persistente.

Hipertensão (pressão alta)

Um dos tratamentos possíveis para hipertensos é a suplementação com magnésio.

Ou seja, níveis baixos desse mineral no organismo podem favorecer o aumento da pressão arterial.

Arritmias e batimentos cardíacos irregulares

Os baixos níveis de magnésio na corrente sanguínea podem alterar a atividade de algumas células, incluindo as células cardíacas.

Essa atividade irregular dos tecidos do coração pode provocar os descompassos conhecidos como arritmia.

A irregularidade dos batimentos do coração pode ser grave e levar os indivíduos acometidos a óbito.

A suplementação com magnésio (de boa qualidade) pode ajudar muito neste caso.

Hipoparatireoidismo

Esta doença de nome esquisito é uma enfermidade que acomete as glândulas paratireoides, que são quatro pequenos órgãos presentes no interior do pescoço.

O hipoparatireoidismo funcional, como é chamado, é uma condição ligada à falta de magnésio porque a carência do nutriente desencadeia a escassez de cálcio, que é outro nutriente responsável pelo bom funcionamento das glândulas.

A suplementação de magnésio é usada como tratamento de hipoparatireoidismo.

Formigamento ou dormência

O magnésio é uma das substâncias que atuam no sistema sensorial do corpo humano, sendo importante para o bom funcionamento de tato, paladar e olfato, por exemplo.

A dormência das mãos ou o formigamento são efeitos do mau funcionamento do tato e, portanto, podem indicar deficiência desse nutriente.

Alimentos ricos em magnésio

Para sanar o problema da falta de magnésio no organismo, nada melhor que fazer uma suplementação natural desse nutriente, o que pode ser feito mediante um bom suplemento e pela alimentação.

Confira agora uma lista com os principais alimentos fontes naturais de magnésio e inclua-os na sua dieta hoje mesmo.

  • Amêndoas;
  • Nozes;
  • Abacate
  • Semente de abóbora;
  • Chocolate amargo;
  • Amendoim;
  • Pipoca;
  • Semente de chia;
  • Semente de girassol;
  • Avelã;
  • Café;
  • Aveia.

O recomendado é que o consumo desses alimentos receba o aval de um nutricionista, pois alguns deles possuem substâncias que podem ser prejudiciais à saúde de determinadas pessoas.

Mais Lidas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a nossa Política de Privacidade.