Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Iridologia: diagnóstico preciso e descomplicado

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email



A íris direita representa os órgãos que estão localizados do lado direito do corpo e a íris esquerda, os que estão localizados do lado esquerdo.

A imagem a seguir mostra alguns pontos da íris e sua relação com os órgãos do corpo.


Imagem retirada de
http://www.paginasprodigy.com/rebeca1228/acercadetridology.html



O americano Bernard Jensen criou um mapa de iridologia no qual está indicada a posição relativa de cada órgão representado na íris.



A íris direita representa os órgãos que estão localizados do lado direito do corpo e a íris esquerda, os que estão localizados do lado esquerdo.

A imagem a seguir mostra alguns pontos da íris e sua relação com os órgãos do corpo.


Imagem retirada de
http://www.paginasprodigy.com/rebeca1228/acercadetridology.html



Um bom iridólogo pode, por exemplo, saber se uma pessoa já teve derrame cerebral.
Lembre-se: a iridologia não é terapia; ela é uma ferramenta de diagnose.



O americano Bernard Jensen criou um mapa de iridologia no qual está indicada a posição relativa de cada órgão representado na íris.



A íris direita representa os órgãos que estão localizados do lado direito do corpo e a íris esquerda, os que estão localizados do lado esquerdo.

A imagem a seguir mostra alguns pontos da íris e sua relação com os órgãos do corpo.


Imagem retirada de
http://www.paginasprodigy.com/rebeca1228/acercadetridology.html



O exame da íris revela muito sobre o nosso corpo. Ouvi de algumas pessoas, quando visitei um iridólogo muito competente, frases como “O iridólogo descobre coisas que muitos exames não descobrem” e “Tudo o que ele me disse os exames constataram”.



Um bom iridólogo pode, por exemplo, saber se uma pessoa já teve derrame cerebral.
Lembre-se: a iridologia não é terapia; ela é uma ferramenta de diagnose.



O americano Bernard Jensen criou um mapa de iridologia no qual está indicada a posição relativa de cada órgão representado na íris.



A íris direita representa os órgãos que estão localizados do lado direito do corpo e a íris esquerda, os que estão localizados do lado esquerdo.

A imagem a seguir mostra alguns pontos da íris e sua relação com os órgãos do corpo.


Imagem retirada de
http://www.paginasprodigy.com/rebeca1228/acercadetridology.html



O iridólogo é o profissional que, observando as fibras e a cor da íris, consegue descobrir se há alteração em algum órgão do corpo. Isso acontece porque todas as partes do nosso organismo estão representadas na íris – a parte colorida dos olhos.

Mas é preciso procurar um profissional competente, sensível, e que possa, com base no diagnóstico, prescrever um tratamento natural ou indicar um terapeuta que faça isso.



O exame da íris revela muito sobre o nosso corpo. Ouvi de algumas pessoas, quando visitei um iridólogo muito competente, frases como “O iridólogo descobre coisas que muitos exames não descobrem” e “Tudo o que ele me disse os exames constataram”.



Um bom iridólogo pode, por exemplo, saber se uma pessoa já teve derrame cerebral.
Lembre-se: a iridologia não é terapia; ela é uma ferramenta de diagnose.



O americano Bernard Jensen criou um mapa de iridologia no qual está indicada a posição relativa de cada órgão representado na íris.



A íris direita representa os órgãos que estão localizados do lado direito do corpo e a íris esquerda, os que estão localizados do lado esquerdo.

A imagem a seguir mostra alguns pontos da íris e sua relação com os órgãos do corpo.


Imagem retirada de
http://www.paginasprodigy.com/rebeca1228/acercadetridology.html
A iridologia é a ciência que estuda a íris e sua relação com as alterações que ocorrem no organismo – metabólicas, orgânicas, nutricionais, nervosas, hormonais, psíquicas e emocionais.



O iridólogo é o profissional que, observando as fibras e a cor da íris, consegue descobrir se há alteração em algum órgão do corpo. Isso acontece porque todas as partes do nosso organismo estão representadas na íris – a parte colorida dos olhos.

Mas é preciso procurar um profissional competente, sensível, e que possa, com base no diagnóstico, prescrever um tratamento natural ou indicar um terapeuta que faça isso.



O exame da íris revela muito sobre o nosso corpo. Ouvi de algumas pessoas, quando visitei um iridólogo muito competente, frases como “O iridólogo descobre coisas que muitos exames não descobrem” e “Tudo o que ele me disse os exames constataram”.



Um bom iridólogo pode, por exemplo, saber se uma pessoa já teve derrame cerebral.
Lembre-se: a iridologia não é terapia; ela é uma ferramenta de diagnose.



O americano Bernard Jensen criou um mapa de iridologia no qual está indicada a posição relativa de cada órgão representado na íris.



A íris direita representa os órgãos que estão localizados do lado direito do corpo e a íris esquerda, os que estão localizados do lado esquerdo.

A imagem a seguir mostra alguns pontos da íris e sua relação com os órgãos do corpo.


Imagem retirada de
http://www.paginasprodigy.com/rebeca1228/acercadetridology.html

DEIXE SEU COMENTÁRIO