Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Homem vence luta contra câncer bebendo suco de grama de trigo

“Eu disse aos médicos que eu não estava disposto a fazer os tratamentos que eles haviam me sugerido”, declarou Danny ao jornal Sunday World.

“Eles ficaram furiosos com a minha decisão. Eu não sabia o que ia acontecer, mas estava determinado.”


Danny soube das propriedades curativas da grama de trigo por intermédio de amigo e, quanto mais ele pesquisava, mais ele se convencia de que a essa grama e suas propriedades de cura poderiam ser a chave para vencer a doença.

De volta à sua fazenda, Danny foi para o trabalho. 

Usando competências adquiridas ao longo de 60 anos de trabalho na terra, Danny produziu seu primeiro lote de grama de trigo.

Ele aprendeu com o amigo como extrair o máximo das qualidades desse “alimento-medicamento” por meio de um extrator especial que teve de adquirir.



E, assim, Danny iniciou o tratamento com o suco de grama de trigo.

“Em apenas sete dias, senti melhorias e a sensação de queimor desapareceu. Nesse momento, deixei de tomar os comprimidos prescritos pelos médicos.”

Danny continuou o tratamento com mais convicção.

“Depois de um mês, toda a dor havia desaparecido e eu sabia que eu estava ficando cada vez melhor.”

Ele começou bebendo cerca de 30 gramas de suco de grama de trigo por dia e aumentou gradualmente a quantidade.


O irlandês também recuperou todo o peso que havia perdido devido à doença.

“Eu sei que para muitas pessoas a grama de trigo não pode vencer o câncer, mas eu sou a prova de que ela pode sim e estou vivo”, concluiu.

Fonte da matéria: Sunday World

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Esta notícia mereceu muito destaque em sites dos Estados Unidos e da Europa.

Danny MacDonald, 74 anos de idade, residente na Irlanda, foi diagnosticado com câncer de estômago e os médicos lhe deram apenas três meses vida.

Como não tinha mais nada a perder, Danny decidiu não fazer quimioterapia e tratar o câncer usando métodos alternativos. 

O irlandês sobreviveu mais do que os três meses previstos pelos médicos.

Passados quatro anos, ele se sente muito mais vivo e disposto graças ao suco de grama de trigo.


“Eu disse aos médicos que eu não estava disposto a fazer os tratamentos que eles haviam me sugerido”, declarou Danny ao jornal Sunday World.

“Eles ficaram furiosos com a minha decisão. Eu não sabia o que ia acontecer, mas estava determinado.”


Danny soube das propriedades curativas da grama de trigo por intermédio de amigo e, quanto mais ele pesquisava, mais ele se convencia de que a essa grama e suas propriedades de cura poderiam ser a chave para vencer a doença.

De volta à sua fazenda, Danny foi para o trabalho. 

Usando competências adquiridas ao longo de 60 anos de trabalho na terra, Danny produziu seu primeiro lote de grama de trigo.

Ele aprendeu com o amigo como extrair o máximo das qualidades desse “alimento-medicamento” por meio de um extrator especial que teve de adquirir.



E, assim, Danny iniciou o tratamento com o suco de grama de trigo.

“Em apenas sete dias, senti melhorias e a sensação de queimor desapareceu. Nesse momento, deixei de tomar os comprimidos prescritos pelos médicos.”

Danny continuou o tratamento com mais convicção.

“Depois de um mês, toda a dor havia desaparecido e eu sabia que eu estava ficando cada vez melhor.”

Ele começou bebendo cerca de 30 gramas de suco de grama de trigo por dia e aumentou gradualmente a quantidade.


O irlandês também recuperou todo o peso que havia perdido devido à doença.

“Eu sei que para muitas pessoas a grama de trigo não pode vencer o câncer, mas eu sou a prova de que ela pode sim e estou vivo”, concluiu.

Fonte da matéria: Sunday World

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Esta notícia mereceu muito destaque em sites dos Estados Unidos e da Europa.

Danny MacDonald, 74 anos de idade, residente na Irlanda, foi diagnosticado com câncer de estômago e os médicos lhe deram apenas três meses vida.

Como não tinha mais nada a perder, Danny decidiu não fazer quimioterapia e tratar o câncer usando métodos alternativos. 

O irlandês sobreviveu mais do que os três meses previstos pelos médicos.

Passados quatro anos, ele se sente muito mais vivo e disposto graças ao suco de grama de trigo.


“Eu disse aos médicos que eu não estava disposto a fazer os tratamentos que eles haviam me sugerido”, declarou Danny ao jornal Sunday World.

“Eles ficaram furiosos com a minha decisão. Eu não sabia o que ia acontecer, mas estava determinado.”


Danny soube das propriedades curativas da grama de trigo por intermédio de amigo e, quanto mais ele pesquisava, mais ele se convencia de que a essa grama e suas propriedades de cura poderiam ser a chave para vencer a doença.

De volta à sua fazenda, Danny foi para o trabalho. 

Usando competências adquiridas ao longo de 60 anos de trabalho na terra, Danny produziu seu primeiro lote de grama de trigo.

Ele aprendeu com o amigo como extrair o máximo das qualidades desse “alimento-medicamento” por meio de um extrator especial que teve de adquirir.



E, assim, Danny iniciou o tratamento com o suco de grama de trigo.

“Em apenas sete dias, senti melhorias e a sensação de queimor desapareceu. Nesse momento, deixei de tomar os comprimidos prescritos pelos médicos.”

Danny continuou o tratamento com mais convicção.

“Depois de um mês, toda a dor havia desaparecido e eu sabia que eu estava ficando cada vez melhor.”

Ele começou bebendo cerca de 30 gramas de suco de grama de trigo por dia e aumentou gradualmente a quantidade.


O irlandês também recuperou todo o peso que havia perdido devido à doença.

“Eu sei que para muitas pessoas a grama de trigo não pode vencer o câncer, mas eu sou a prova de que ela pode sim e estou vivo”, concluiu.

Fonte da matéria: Sunday World

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

DEIXE SEU COMENTÁRIO