Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Coloque sal na esponja de lavar louça e diga adeus às bactérias

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Uma esponja de lavar louça pode abrigar, em poucos dias de uso, mais de 1,3 milhão de fungos e bactérias.

Além de manter a cozinha em boas condições de higiene, é necessário prestar atenção em alguns aspectos que passam despercebidos.

Um bom exemplo é a esponja de lavar louça.

Elas são um dos maiores ninhos de germes e bactérias.

Segundo um estudo realizado por pesquisadores do Centro Universitário UniMetrocamp, de Campinas – SP, a esponja de lavar louça pode conter mais de 1,3 milhão de fungos e bactérias em apenas 15 dias de uso.

Por isso, cuidar da higiene da pia e da esponja é essencial para garantir a saúde e evitar diarreia, febre e até mesmo problemas pulmonares.

Confira as melhores dicas para higienização.

Manter a esponja seca

Depois que lavar a louça, enxágue bem a esponja para remover todo o excesso de detergente e espuma.

Torça bem e guarde em um local seco e de uma maneira que os restos de água possam escorrer.

Nunca a deixe dentro da pia ou sobre o sabão.

Recomenda-se sempre deixá-la secar no escorredor de louça.

Cuidado com sabão

Evite usar sabão em barra ou sabão líquido.

A dica é utilizar sempre detergente próprio para louças.

Alguns produtos não possuem características antibactericidas, com isso, podem permitir a entrada de germes na esponja.

Use somente por uma semana

A vida útil da esponja de lavar louça, independentemente da marca, é de apenas sete dias.

Por isso, após esse período descarte-a e faça a substituição por uma bucha nova.

Além disso, nunca faça a reutilização da esponja para outras atividades domésticas.

Para cada área de sua casa, é necessário um esponja para limpeza.

Desinfetar diariamente

O recomendado é fazer a desinfecção das esponjas sempre após o uso ou no mínimo uma vez por dia.

Confira os métodos mais práticos.

Sal e Limão

Entre os diversos métodos para higienizar as esponjas usadas na cozinha, este é certamente o mais eficaz.

Coloque água fervente em uma bacia, até a metade.

Adicione suco de um limão e uma colher (sopa) de sal fino.

Em seguida, mergulhe a esponja na bacia e deixe de molho durante a noite toda.

Na manhã seguinte, enxágue e deixe secar.

O limão é um dos desinfetantes naturais mais eficientes para usar na cozinha, assim como vinagre e sal.

Ao aplicar na esponja, além de remover as manchas escuras, irá eliminar os germes e bactérias.

Vinagre

Lave bem a esponja com água morna e detergente para remover os resíduos de sujeira ou gordura.

Em seguida, coloque um pouco de vinagre branco em uma tigela e deixe a esponja de molho por no mínimo duas horas.

Depois enxágue e deixe secar.

O vinagre branco não deixa resíduos e limpa sem deixar cheiro.

Após essas técnicas, sua esponja está limpa, desinfetada e pronta para o uso.

Essas são práticas eficientes, econômicas e sustentáveis.