Hidroponia: como criar seu próprio sistema de cultivo hidropônico em casa

Imagem: reprodução

Guia simples para você criar seu próprio sistema hidropônico em casa.

A hidroponia (do grego “hidro”, água, mais “ponos”, trabalho) é uma técnica de cultivo de plantas sem solo. Ela vem ganhando muitos adeptos ultimamente, pois cada vez mais pessoas buscam cultivar plantas de forma sustentável. Com a hidroponia, é possível obter um crescimento mais rápido das plantas, economizar água, aproveitar espaços limitados e reduzir o risco de doenças transmitidas pelo solo.

Vantagens da hidroponia

  • Crescimento mais rápido das plantas: Com as condições certas, as plantas podem crescer até 25% mais rápido e produzir até 30% mais do que as plantas cultivadas no solo.
  • Conservação de água: A hidroponia utiliza até 90% menos água do que a agricultura tradicional.
  • Economia de espaço: É perfeito para ambientes urbanos com espaço limitado.
  • Sem doenças transmitidas pelo solo: Há um risco reduzido de doenças e pragas com a hidroponia.

Tipos de sistemas hidropônicos

Existem diferentes tipos de sistemas hidropônicos, cada um com suas características específicas. Conheça alguns deles:

  • Sistema de pavio: É o tipo mais simples, onde a solução nutritiva é introduzida no meio de cultivo através de mechas.
  • Cultura em águas profundas: As plantas são suspensas em água rica em nutrientes com uma pedra de ar que fornece oxigênio às raízes.
  • Técnica de filme nutricional: Uma fina película de solução nutritiva flui sobre as raízes em uma bandeja inclinada.
  • Vazão e vazante (inundação e drenagem): Consiste em inundar periodicamente a bandeja de cultivo com solução nutritiva e depois drená-la novamente.
  • Sistema de gotejamento: Uma linha de gotejamento cronometrada fornece solução nutritiva à base de cada planta.
  • Aeroponia: As raízes ficam suspensas no ar e são pulverizadas com solução nutritiva.

Criação de um sistema básico de cultura em águas profundas

Se você deseja criar seu próprio sistema hidropônico em casa, siga esses passos:

Material necessário:

  • Um grande recipiente ou cuba de armazenamento para ser o reservatório.
  • Uma bomba de ar para aquário e uma pedra de ar (você encontra em lojas de produtos para aquários).
  • Nutrientes hidropônicos (vendem-se em lojas especializadas; pesquise na internet).
  • Kit de controle de pH.
  • Panelas ou xícaras de rede.
  • Meio de cultivo, como hidroton ou lã de rocha.
  • Plantas ou sementes.
  • Uma tampa para o recipiente.

Passo a passo:

  1. Configuração do Reservatório: Encha o recipiente com água, deixando cerca de dois centímetros do topo. Essa será a reserva de nutrientes para as plantas.
  2. Fornecimento de ar: Conecte a pedra de ar à bomba de ar e coloque-a no reservatório. Isso garantirá que as raízes recebam oxigênio suficiente para seu desenvolvimento saudável.
  3. Preparando a tampa: Faça furos na tampa do recipiente, de modo que os potes de rede possam ser encaixados. Certifique-se de que as plantas fiquem parcialmente submersas na solução nutritiva.
  4. Preparação das plantas: Se estiver utilizando sementes, plante-as no meio de cultivo nos vasos de rede. Caso esteja usando mudas, transplante-as para os vasos de rede.
  5. Mistura de nutrientes: Siga as instruções do rótulo dos nutrientes hidropônicos e misture a quantidade adequada na água do reservatório. Verifique e ajuste o pH ao nível recomendado para suas plantas utilizando o kit de controle de pH.
  6. Manutenção: Verifique semanalmente o pH e os níveis de nutrientes, ajustando se necessário. Além disso, certifique-se de que o nível da água permaneça constante no reservatório.

Dicas para o sucesso

  • Iluminação: A maioria das plantas requer uma quantidade significativa de luz. Considere investir em lâmpadas LED para cultivo, caso a luz natural seja insuficiente.
  • Temperatura: Mantenha um ambiente estável, idealmente entre 20°C e 22°C, para um crescimento ideal das plantas.
  • Monitoramento regular: Verifique suas plantas diariamente em busca de sinais de deficiência de nutrientes, pragas ou doenças.
  • Limpeza: Certifique-se de que seu sistema hidropônico seja mantido limpo para evitar a proliferação de patógenos prejudiciais.

C

Vale a pena tentar

A hidroponia é uma técnica sustentável e eficaz para o cultivo de plantas em diferentes ambientes. Construir um sistema hidropônico em casa pode ser uma tarefa gratificante, proporcionando produtos frescos o ano todo. Com paciência, cuidado e atenção constante, você poderá desfrutar de uma horta caseira de sucesso. Feliz crescimento!

Ah, curta e compartilhe este artigo no Facebook e Instagram. Isso vai nos ajudar muito a disseminar as ideias de Cura pela Natureza!