Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Geleia de pés de galinha: fonte pura de colágeno e 100% natural

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Após incluir a geleia de pés de galinha em sua dieta e torná-la um hábito, você vai notar melhora nos seus ossos, músculos, pele e na saúde em geral.

Existe uma infinidade de alimentos que trazem grandes benefícios à saúde.

Por isso, adicionar algumas desses alimentos à sua dieta pode fazer uma grande diferença no seu corpo e na sua disposição física e mental.

Um desses alimentos é o frango, pois contém inúmeras propriedades benéficas para o organismo.

Devido ao seu alto teor de proteínas, ele faz parte da dieta de muitas pessoas.

Porém, uma parte do frango pouco utilizada é muito saudável para o corpo.

Trata-se dos pés, que na maioria das vezes é descartado pelas pessoas na hora de cozinhar.  

Todavia, ele oferece ao organismo diversos nutrientes e vitaminas.

Os pés de galinha são muito nutritivos, ajudando a nos manter saudáveis.

Esse alimento é rico em colágeno, vitaminas A, B12, D, carboidratos, proteínas, cálcio, colina, ferro, folato, fósforo, magnésio, ômega 3, ômega 6 e potássio.

Conheça seus benefícios para a saúde e, na sequência, aprenda como fazer uma “geleia” de pés de galinha rica em colágeno e outros importantes nutrientes.

Rejuvenesce a pele

Uma das substâncias necessárias para manter a elasticidade da pele, torná-la mais saudável e jovem, é o colágeno.

Segundo estudo da Universidade Nove de Julho, de São Paulo, os pés de galinha têm quatro vezes mais colágeno do que os produtos comerciais.

Portanto, ao consumir os pés de frango, o colágeno presente no alimento ajuda a regenerar células danificadas, prevenindo o envelhecimento precoce.

Acelera a cicatrização de feridas

Graças à grande concentração de colágeno, de albumina e proteína, o consumo de pés de galinha acelera a cicatrização de feridas.

Isso ocorre porque esses nutrientes ajudam a recuperar os danos das células, auxiliando o organismo a aumentar sua capacidade de combater a infecção.

Ou seja, o corpo vai ser mais eficiente no ataque às bactérias.

Fortalece os ossos

Os pés de galinha ajudam na manutenção das articulações e redução do risco de ossos frágeis.

Geralmente, as doenças articulares ocorrem em idosos devido ao fato de o corpo não conseguir cálcio.

Como os pés de frango são ricos em proteína, cálcio, cartilagem e colágeno, pode ser absorvido pelo organismo facilmente.

 A nutrição é um dos fatores mais importantes para o fortalecimento da estrutura dos ossos e prevenção da perda óssea em idosos.

Unhas saudáveis e resistentes

O colágeno, presente nos pés de galinha, também auxilia na saúde das unhas.

Ele ajuda as unhas a ficarem mais resistentes e saudáveis.

Favorece a saúde dos olhos

Os pés de frango possuem grandes quantidades de betacaroteno, licopeno, retinol e quase todos os derivados da vitamina A.

Esses nutrientes são excelentes para manter uma boa saúde visual.

Ajuda a emagrecer

Pelo fato de não conter gorduras, os pés de galinha auxiliam no processo de perda de peso.

Suas baixas calorias também ajudam na aceleração do metabolismo.

 Ajuda no processo digestivo

O consumo de pés de galinha contribui com o processo digestivo, auxiliando na digestão.

Ele permite um melhor aproveitamento dos nutrientes oferecidos pelos alimentos consumidos diariamente.

Melhora o sistema imunológico

Consumir este alimento com frequência é muito nutritivo e benéfico para aumentar a imunidade.

Devido à boa quantidade de minerais presentes nos pés de galinha, seu consumo impulsiona o sistema imunológico do corpo.

Reduz o estresse

Os pés de galinha também fornecem arginina, um excelente aminoácido para o corpo.

Essa substância ajuda a liberar hormônios que combatem sentimentos de angústia e estresse.

Diante disso, incluir pés de galinha na sua dieta é uma boa opção para aproveitar todas as suas propriedades.

Geleia de colágeno de pés de galinha

Além do colágeno concentrado dos pés de galinha, esta receita utiliza açafrão-da-terra (cúrcuma), que possui propriedade anti-inflamatória e, além do sabor, vai potencializar a ação terapêutica.

Ingredientes: 

  • 1 kg de pés de galinha
  • 1 limão
  • 4 dentes de alho
  • 3 colheres (sopa) de açafrão-da-terra
  • 1 cebola
  • 1 colher (sobremesa) de sal
  • Cheiro verde a gosto (salsinha e cebolinha)
  • Um fio de azeite extravirgem de oliva
  • Água

Dica:

O ideal para o preparo desta receita é utilizar pés de galinha caipira, que são mais saudáveis.

Mas, se não encontrar, pode ser de granja mesmo (encontrado em frigoríficos e supermercados).

Modo de preparo:

Corte os pés da galinha em três partes, após ter retirado as unhas. 

Lave-os com água corrente, esprema o limão sobre eles e deixe em repouso por dez minutos.

Coloque numa panela de pressão junto com os demais ingredientes e quatro dedos acima dos pés de água. 

Assim que atingir o ponto da pressão, cozinhe por 45 minutos ou até eles se desmancharem.

Quando finalizar a pressão, deixe esfriar, bata tudo no liquidificador, inclusive o caldo. 

Coe em uma peneira de alumínio e descarte o resíduo (que é mínimo).

Ficará um líquido grosso, como se fosse uma sopa.

Transfira para uma travessa e leve à geladeira por oito horas, para endurecer e chegar ao ponto de geleia.

Após esse tempo, retire da travessa, corte em cubinhos do tamanho de sua preferência e armazene em um recipiente hermético (pote com tampa).

Você pode manter essa geleia no congelador por até três meses e na geladeira por uma semana.

Consumo

Inclua a geleia todos os dias na sua rotina:

  • Você pode ingerir dois cubinhos (puro) por dia
  • Pode adicionar nas refeições: arroz, feijão, carne, molhos, etc.

Após incluir este alimento em sua rotina e torná-lo um hábito, você vai começar a notar a melhora nos seus ossos, músculos, pele e na saúde em geral.